Agentes em greve resistem, e PM desfaz piquete 'no braço' em presídio | Diário Regional

Agentes em greve resistem, e PM desfaz piquete ‘no braço’ em presídio

21/03/2014 10:51
Print Friendly, PDF & Email

Policiais militares precisaram retirar à força os grevistas em Hortolândia - Foto: Denny Cesare/Código19/Estadão ConteúdoCAMPINAS – A Polícia Militar usou a tática da “tropa do braço” para desfazer um piquete de agentes penitenciários grevistas no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Hortolândia (a 109 km de SP).

O incidente ocorreu ontem (20), após grevistas se recusarem a abrir os portões da unidade prisional para receber detentos que estavam na cadeia anexa ao 2º DP (Distrito Policial) de Campinas. No total, 29 presos foram levados pela Polícia Civil ao CDP por volta das 11h de ontem, mas os agentes penitenciários barraram a entrada do comboio.

Para permitir a entrada da polícia e dos detidos, homens da Força Tática da PM precisaram retirar à força os grevistas, que estavam sentados no chão e impediam a entrada dos veículos que transportavam os presos. Nenhum agente foi detido durante a ação. À tarde, a Polícia Civil tentou novamente entrar no CDP, para levar mais 30 presos que estavam no 2º DP, mas não obteve sucesso. Os detentos tiveram de ser levados de volta.

A paralisação já dura mais de dez dias. Governo do Estado e grevistas chegaram a fazer uma reunião no começo da semana, mas a proposta feita pelo governo não agradou a categoria.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: