Muricy cobra respeito de corintianos | Diário Regional

Muricy cobra respeito de corintianos

18/03/2014 8:36
Print Friendly, PDF & Email

Muricy: “Foi muito sério o que falaram. Aqui tem um profissional” - Foto: ArquivoO técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, rebateu ontem (17) as acusações feitas por Mano Menezes, treinador do Corinthians, e pelo atacante corintiano Romarinho após a penúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, no domingo. Em entrevista à rádio Globo, o técnico são-paulino mostrou-se indignado com as insinuações dos corintianos.

“Como vou dizer aos jogadores que têm de entregar o jogo? Nunca aprendi como se pede isso. Não dá para admitir esse tipo de coisa, é colocar a condição de ser humano de lado. É um absurdo. Aqui tem um profissional”, disse Muricy.

Somada ao empate sem gols entre Penapolense e Corinthians, a derrota do São Paulo por 1 a 0 para o Ituano significou o fim das chances de classificação do alvinegro do Estadual. Depois do confronto em Penápolis, Romarinho afirmou que o resultado no Morumbi não era normal e que “foi armado”.

Embora menos direto do que o atacante, Mano Menezes deu margem a interpretações ao dizer que cada um tem a própria consciência quando coloca a cabeça no travesseiro. “Os deuses do futebol estão lá em cima e sabem olhar o comportamento de cada um”, disse.

“Foi uma coisa muito séria o que (Mano e Romarinho) falaram e sem ver nosso jogo. O goleiro do Ituano fez duas defesas importantíssimas. É preciso respeitar o Ituano também, ou vão ficar duvidando de qualquer resultado”, acrescentou o comandante tricolor.

Na opinião de Muricy, a atitude dos rivais é uma forma de transferir a responsabilidade pela desclassificação no Paulista. “Ser correto é obrigação de todos. Nunca dei declaração contra colega. Sei que foi no calor da partida, mas ao falar coisas assim você coloca em jogo o caráter das pessoas. Se tivesse ganho da gente ou do Penapolense, o Corinthians estaria na briga”, completou.

Reservas

Muricy afirmou que vai poupar vários jogadores na partida do próximo domingo, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. “Vai jogar realmente um time que não vinha jogando”, disse Muricy. “É loucura arriscar em um jogo com viagem de ônibus, jogando fora e no calor”, afirmou o técnico. O São Paulo não perde mais a liderança do Grupo A.
“Depois, na outra quarta-feira, já tem mata-mata (contra o Penapolense, pelas quartas de final do Paulista), justificou-se. O Botafogo também não perde mais a frente do Grupo B, independentemente do placar do confronto de domingo.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: