S.Bernardo perde em Bragança e é eliminado | Diário Regional

S.Bernardo perde em Bragança e é eliminado

16/03/2014 7:30
Print Friendly, PDF & Email

Careca, do São Bernardo, tenta passar por marcação do Bragantino no Abi Chedid. Foto: Luis Moura/Estadão ConteúdoNo dia em que o técnico Edson Boaro tornou-se o treinador que mais vezes comandou o São Bernardo, o Tigre disse “adeus” às chances de classificação à fase de mata-mata do Campeonato Paulista. O Palmeiras ajudou, ao vencer a Ponte Preta por 2 a 1, no Pacaembu, à tarde, mas o Bernô não fez sua parte e foi derrotado por 2 a 1 pelo Bragantino, ontem (16) à noite, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em confronto da 14ª rodada. Se vencesse a partida, o São Bernardo levaria a decisão da vaga para a última partida.

O resultado classificou antecipadamente a Ponte Preta para enfrentar o Santos nas quartas de final do Paulista, em jogo que será realizado na Vila Belmiro – a Macaca soma 24 pontos, ante 20 do Tigre. Também deixou distante a classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro. O Botafogo, que tem 28 pontos, já é dono de uma das vagas.

O Bragantino, por sua vez, manteve-se na vice-liderança do Grupo D, com 22 pontos, contra 19 do Rio Claro, e depende apenas de uma vitória na rodada final diante do rebaixado Paulista, em Jundiaí, para pegar o Palmeiras na segunda fase.

As melhores chances de gol, no primeiro tempo, foram do São Bernardo – com Eduardo, de falta, aos 15 minutos, quando Defendi deu um tapinha por cima do travessão, e depois em belo voleio de Gil, aos 30 minutos, que obrigou Defendi a se esticar para mandar a escanteio.
Porém, o Bragantino conseguiu abrir o placar aos 44 minutos, após boa triangulação pelo lado direito. Magno Cruz fez o passe perfeito para o lado esquerdo, onde Gustavo bateu de primeira: 1 a 0 para o time da casa.

O jogo foi praticamente definido nos primeiros minutos do segundo tempo. Aos sete minutos, após escanteio, o zagueiro Yago subiu mais do que a defesa do Tigre e testou de cima para baixo: 2 a 0. No minuto seguinte, Erick Flores – que tinha entrado no lugar de Edson Felipe – foi expulso ao dar uma tesoura por trás em Gustavo. Mais uma vez, o Tigre ficou com um jogador a menos.

Depois disso, o Bragantino administrou o resultado, mas permitiu que o São Bernardo diminuísse. Aos 40, após escanteio e rebote da defesa, a bola sobrou para Rodrigo Careca, que ajeitou e bateu com a perna esquerda, cruzado. Os últimos minutos foram de sufoco, mas não havia tempo para o empate.

O São Bernardo cumpre tabela no próximo domingo, quando enfrentará o Oeste no Estádio 1º de Maio. Antes, no meio da semana, terá pela frente o Paraná Clube, também na Vila Euclides, na estreia do Tigre na Copa do Brasil.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: