'Parada Lilás' reúne 2 mil mulheres na Coronel Oliveira Lima | Diário Regional

‘Parada Lilás’ reúne 2 mil mulheres na Coronel Oliveira Lima

16/03/2014 7:30
Print Friendly

Munícipes caminharam pelàs ruas centrais de Santo André. Foto: Diego Barros/PSAA segunda edição da Parada Lilás reuniu ontem (15) duas mil mulheres que tomaram as ruas centrais de Santo André com faixas, cartazes, balões e muita alegria para manifestar contra a violência e também para reforçar os direitos pelos quais têm direito.

A concentração na rua Dona Elisa Fláquer contou com carro de som e água para refrescar. Dali, as mulheres foram para a rua Bernardino de Campos e na frente do Tênis Clube fizeram um minuto de silêncio em homenagem a uma mulher morta no local, há uma semana. O grupo caminhou até a Oliveira Lima, onde encerrou a atividade com apresentações musicais e uma revoada de balões na concha acústica.

A secretária de Política para Mulheres, Silmara Conchão, comemorou o fato de a Parada Lilás chegar à segunda edição e lembrou que neste ano “três grandes conquistas” deveriam ser celebradas pelas mulheres. “Estamos lançando um guia com todos os serviços municipais para as mulheres, comemorando a criação da primeira secretaria na região voltada para as nossas políticas e reafirmar a luta e o simbolismo do 8 de Março na defesa dos nossos direitos”, disse. Silmara lembrou também que a Parada Lilás faz parte de uma programação especial voltada às mulheres e que se estenderá durante este mês. “O mote da nossa campanha é o Já era hora de elas se colocarem no seu devido lugar, isto é, onde elas quiserem”, disse, se referindo ao tema do Mês da Mulher no município.

Para a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Econômico Oswana Fameli, Santo André tem história no trabalho voltado à garantia e igualdade das condições femininas. “A cidade é uma das pioneiras no respeito e na elaboração de políticas públicas voltadas às mulheres”, afirmou.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: