Pato estreia e Oswaldo garante vitória | Diário Regional

Pato estreia e Oswaldo garante vitória

13/03/2014 9:16
Print Friendly, PDF & Email

Oswaldo voltou a ter boa atuação e garantiu o 1 a 0 diante do CSA na estreia na Copa do Brasil - Foto: Anderson Stevens/Futura Press/Estadão ConteúdoAlexandre Pato jogou pelo São Paulo ontem (12), em Maceió, depois de mais de um mês de espera, mas não conseguiu manter o retrospecto de sempre fazer gols em estreias. O atacante de 24 anos ao menos manteve o outro retrospecto: o de debutar em novas equipes com vitória. O atacante Osvaldo garantiu o 1 a 0 diante do CSA, na estreia do time na Copa do Brasil.

O curioso foi que o autor do gol é o jogador que mais corre risco de sair do time para Pato entrar. Ontem, seria assim, mas Muricy deixou Ganso no banco e preservou Osvaldo, que está em boa fase. Porém, a vitória por 1 a 0 não impediu o jogo de volta, algo que só seria possível em caso de triunfo são-paulino por dois ou mais gols de diferença. Os times voltam a se enfrentar no dia 9 de abril, no estádio do Morumbi.

O jogo na Capital paulista será uma oportunidade para Alexandre Pato mostrar seu futebol diante dos são-paulinos e tentar empolgar, já que, ontem, não conseguiu. O atacante está proibido, por regulamento, de defender o time no Paulista por já ter feito mais de três jogos pelo Corinthians no Estadual.
Ontem, Pato não deu o toque de qualidade como esperado após ter passado um mês treinando sob elogios dos companheiros. “O importante foi o time vencer. Para mim o importante foi voltar a jogar após um mês parado. Senti um pouco a falta de ritmo, mas saio satisfeito”, disse Pato.

O melhor momento do camisa 11 em campo foi logo aos três min de jogo. Ele recebeu a bola de Luis Fabiano, dominou com o braço e marcou. O árbitro anulou o gol. Três minutos depois recebeu a bola na intermediária e chutou com perigo no gol. A bola passou próxima do travessão do CSA.

Os dois lances logo no início do jogo poderiam indicar que Pato teria uma estreia empolgante, mas não foi o que ocorreu. Pato só voltou a aparecer no primeiro tempo aos 33 minutos, quando cobrou falta sem força, no meio do gol e direto nas mãos de Pantera.

É verdade que o time não ajudou o atacante. Com Pabon fazendo, ou tentando fazer, o papel de Ganso, faltou qualidade nos passes, melhor posicionamento nas tabelas e precisão nas finalizações. O empate no primeiro tempo chegou até a ser ameaçado pelo CSA, que marcou com Mineiro, aos 33 minutos – lance anulado por impedimento.

Segundo tempo

No segundo tempo, Alexandre Pato até teve algumas poucas jogadas ofensivas. Não finalizou com qualidade, mas deu passes para Luis Fabiano, Pabon e Osvaldo tentarem os arremates. No lance do gol, é ele quem dá o passe para Osvaldo, mas o mérito foi basicamente do autor do gol, que fez boa jogada individual dentro da área da equipe alagoana.

Nos 20 minutos finais, ainda foi possível ver Pato e Ganso juntos em campo, mas não aconteceu nenhuma jogada de muito brilho – a dupla gera expectativas no Morumbi. Quem sabe no próximo dia 9, quando Alexandre Pato voltar a campo pelo São Paulo.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: