Vereadora quer explicações da Fundação ABC sobre Saúde em Mauá | Diário Regional

Vereadora quer explicações da Fundação ABC sobre Saúde em Mauá

12/03/2014 6:05
Print Friendly, PDF & Email

MAUÁ – Recente audiência pública, promovida em 28 de fevereiro pela Secretaria de Saúde de Mauá para apresentar as ações executadas pela pasta, não foi satisfatória para a vereadora Sandra Regina (PMDB). Na sessão de ontem (11), a parlamentar apresentou requerimento para que a Fundação ABC – gestora do Hospital Nardini e de outros equipamentos de saúde na cidade – faça prestação de contas mais detalhada dos valores que têm sido repassados pela prefeitura à instituição e de que forma esses recursos têm sido gastos. “Essa solicitação já foi feita várias vezes, mas (a resposta) é sempre muito superficial. O que quero é que seja bem detalhada, se existem dívidas, se existem atrasos tanto por parte da prefeitura para a Fundação, quando da Fundação para fornecedores e funcionários”, justificou.

Segundo a vereadora, a Secretaria de Saúde não tem sido transparente na prestação de contas e todas as feitas anteriormente não condizem com a realidade dos equipamentos de saúde do município. “A população está sempre reclamando. O trabalho prestado não tem sido satisfatório, não só no Hospital Nardini, como também nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e em algumas UBSs, onde existe gerenciamento por parte da instituição”, completou.

Sandra criticou a atual situação da saúde no município e afirmou que os avanços mais recentes, como a inauguração de UPAs, são apenas execuções de projetos antigos, das administrações passadas. “Todos sabemos que esses projetos são demorados. Vão para o Ministério da Saúde, levam um tempo até serem aprovados. O que foi feito ultimamente é resultado desse processo”, completou.

A vereadora, que também é profissional da área da saúde, criticou o fato de profissionais estarem assumindo cargos de direção e chefia, segundo ela por meio da Fundação, em detrimento de funcionários públicos de carreira que atuam há vários anos na administração municipal. “Pessoas que nem vivem na cidade estão sendo lembrados, enquanto os funcionários mais antigos estão se sentindo esquecidos”, acusou.

O líder do PT na Câmara de Mauá, Marcelo Oliveira, rebateu as afirmações da vereadora afirmando que a prefeitura “está tranquila” com relação ao serviço prestado pela Fundação ABC no município. “Houve uma audiência pública onde tudo foi apresentado, os gastos, os avanços. Agora, a vereadora está no papel dela de fiscalizar e pedir mais informações, mas tenho total tranquilidade com a qualidade do trabalho prestado”, declarou.

Oliveira destacou ainda que a gestão do prefeito Donisete Braga (PT) tem se empenhado para avançar nas melhorias na saúde do município. “Inauguramos novos equipamentos, estamos ampliando os serviços. O prefeito tem batido na tecla da necessidade de informatizar o sistema, o que deve ser feito nessa gestão, e isso vai melhorar ainda mais o atendimento”, comentou.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: