Corinthians quer jogar amistosos no exterior durante o Mundial | Diário Regional

Corinthians quer jogar amistosos no exterior durante o Mundial

12/03/2014 8:25
Print Friendly, PDF & Email

SÃO PAULO – O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, afirmou que está realizando contatos para jogar amistosos no exterior em junho, antes e durante a Copa do Mundo. Sua ideia é manter a equipe em atividade na primeira metade da parada de cerca de 45 dias do Campeonato Brasileiro e, depois, conceder uma folga aos jogadores. Assim, não será necessária uma pré-temporada para recuperar a forma física do grupo.

A competição nacional será interrompida em 1º de junho, na nona rodada. Continuará a partir de 16 de julho, três dias após o Mundial. “Não está fácil (marcar amistosos) porque muitos clubes param neste período. Alguns não pensaram nisso”, disse o dirigente corintiano.

Os contatos são para atuar no exterior. “Ficar aqui será difícil. Estádios e CTs (centros de treinamentos) serão usados por seleções”, explicou Gaspar. O próprio Corinthians terá, em 3 de junho, de deixar seu CT, que será alugado à Seleção Iraniana.

Os visitantes se hospedarão em um hotel em Guarulhos, mas neste período passarão o dia nas dependências corintianas. A programação combinada prevê treino matutino, almoço, descanso e treino vespertino.

Além dos gramados e vestiários, estarão à sua disposição a rouparia, a lavanderia e a academia. Virá um chefe de cozinha do Irã, que será auxiliado por um funcionário do clube. Os hóspedes trarão carne porque a origem do alimento precisa seguir rituais islâmicos.

Os iranianos pediram a inclusão de outros empregados corintianos no pacote, como fisiologista e preparador físico. “Eles tomaram a iniciativa (de pagar por isso). Existe um custo diário, também com profissionais do clube. Será um valor amigável, o Corinthians não vive disso”, disse Edu Gaspar.

Lamento

O treinador português Carlos Queiroz visitou o CT após a invasão de torcedores. “Ele soube e apenas lamentou, não demonstrou preocupação (com a segurança). Tivemos quatro ou cinco reuniões importantes”, concluiu o dirigente.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: