São Paulo e ABC comemoram Dia Internacional da Mulher com atividades | Diário Regional

São Paulo e ABC comemoram Dia Internacional da Mulher com atividades

09/03/2014 7:30
Print Friendly

 Em Diadema, caminhada pelo Centro marcou início das comemorações. Foto: DivulgaçãoNo Brasil, o Dia Internacional da Mulher, comemorado ontem (8) foi marcado por diversas manifestações. Em São Paulo, dezenas de mulheres se encontraram na avenida Paulista, para protestar contra o machismo, a homofobia e a exploração da mulher. Apesar da chuva, se uniram com cartazes e camisetas para pedir pela igualdade de direitos. Pela manhã houve manifestações também em outras cidades do país, como em Curitiba e em Brasília.

Para lembrar a data, mães de vítimas de violência distribuíram flores no final da manhã de ontem (8) na região da 25 de Março, Centro da Capital. A iniciativa foi do Instituto Paz e Justiça Ives Ota. “É uma forma de homenagear o papel das mulheres na sociedade, principalmente daquelas que perderam um parente querido pela violência”, ressaltou a fundadora da organização, Keiko Ota. “Mostrar que a mulher é forte e também luta por justiça e um Brasil melhor”, acrescentou.

Uma das participantes da ação, Marta Ribeiro Consoli disse que a solidariedade de pessoas que passaram pela mesma dificuldade foi muito importante para que ela lidasse com a perda de sua filha. “Quando você está passando pela dor, fica sem chão, não sabe o que fazer da vida. É quando vêm outras mães que perderam há mais tempo seus filhos e que já sabem lidar melhor com a dor”, disse ela, que perdeu a filha Bianca em 2011, estuprada e estrangulada pelo cunhado.

A vendedora Irani Araújo se juntou ao grupo após a morte de uma amiga de sua filha. “Ela estava saindo do aniversário da minha filha e foi assassinada. Foi um choque muito grande porque minha filha estava junto, só que ela saiu antes. Mais um pouquinho e as duas estariam juntas”, contou sobre o latrocínio que vitimou Caroline Lee, 15 anos, em 2012. Irani acredita que a ação também é uma forma de protesto contra a violência. “É uma forma de não ficar parada vendo as coisas acontecerem sem fazer nada.”

A data também foi marcada por diversas atividades na região do ABC. Em Diadema, nem a chuva atrapalhou as atividades. O Programa Mulheres em Movimento (PMM), que completa 25 anos de atividades conjuntas com a prefeitura, realizou sua caminhada comemorativa ao Dia da Internacional da Mulher.

O evento contou também com a presença da ONG “Se Toque Melhor”, de esclarecimento no combate ao câncer.
“A nossa presença no evento tem o objetivo de demonstrar os benefícios do  Programa Mulheres em Movimento em seus participantes durante estes 25 anos”, destacou Andréia Geraldo, uma das coordenadoras do Mulheres em Movimento.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: