Planalto enviará ao Congresso projeto sobre protestos | Diário Regional

Planalto enviará ao Congresso projeto sobre protestos

09/03/2014 7:30
Print Friendly, PDF & Email

Cardozo afirmou que serão apresentadas novas tipificações e agravantes. Foto: ArquivoO ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou na última quarta-feira que o governo deve enviar ao Congresso, esta semana, o projeto de lei que pretende coibir abusos em manifestações. “Nesse momento, Ministério da Justiça e Casa Civil trabalham nos aspectos finais (do texto). Acredito que, no início da semana que vem, encaminharemos ao Congresso, com regime de urgência”, afirmou o ministro após o evento de lançamento da Campanha da Fraternidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Cardozo classificou o projeto como “equilibrado” e afirmou que a ideia não é reprimir manifestações, mas coibir abusos. “Tem por objetivo central garantir a liberdade de as pessoas se manifestarem em paz e poderem fazê-lo em vias públicas.”

Sem detalhar as penas que serão adotadas para quem descumprir a lei, Cardozo afirmou apenas que serão apresentadas novas tipificações e agravantes.

O ministro avalia que é possível ver o texto aprovado, no Congresso Nacional, antes da Copa do Mundo –período temido pelo governo como alvo de grandes manifestações. A proposta deve conter, segundo Cardozo, medidas que garantam “a integridade no exercício da função” do jornalista. Paralelamente, disse, outras medidas nesse mesmo sentido – como a criação de um observatório – estarão presentes em um protocolo elaborado por um grupo de trabalho encabeçado pela Secretaria dos Direitos Humanos (Presidência da República).

Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB, afirmou que é preciso ter cautela com projetos de lei que busquem controlar manifestações públicas. “Não podemos cair de novo no regime da ditadura, em que as manifestações, mesmo que sejam violentas, sejam consideradas crime no sentido como eram consideradas. Essa preocupação nós temos, mas não posso opinar sobre o texto (do Executivo) que não vi, não li.”

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: