Tucano Sérgio Guerra morre em São Paulo | Diário Regional

Tucano Sérgio Guerra morre em São Paulo

07/03/2014 8:45
Print Friendly

SÃO PAULO – Ex-presidente nacional do PSDB, o deputado federal Sérgio Guerra (PE) morreu na manhã de ontem (6). Desde 2012, ele lutava contra um câncer na cabeça e no pulmão. Há cerca de 20 dias, foi internado com pneumonia. O quadro evoluiu e ele perdeu a capacidade respiratória.

Pernambucano, Severino Sérgio Estelita Guerra tinha 66 anos e deixa quatro filhos. Desde cedo lidou com problemas de saúde. Diabético, perdeu um rim aos 12 anos. Aos 60, teve parte do intestino delgado removido. Em 2012, retirou dois nódulos, um na cabeça e outro no pulmão, e soube que tinha câncer.

Prestigiado no partido, presidia o Instituto Teotônio Vilela e o diretório de seu Estado. Em uma de suas últimas articulações, trabalhou pela aliança entre o PSDB e o PSB, partido do governador e pré-candidato à Presidência, Eduardo Campos, em Pernambuco. Os dois eram amigos.

Guerra foi presidente nacional do PSDB de 2007 a 2012. Coordenou as campanhas de Geraldo Alckmin, em 2006, e de José Serra, em 2010, à Presidência da República. De perfil conciliador, foi um dos principais artífices do acordo que levou o senador Aécio Neves (MG) a sucedê-lo no comando do PSDB.

O corpo do deputado será velado hoje, em Recife, a partir das 11h, na Assembleia Legislativa. A cremação está prevista para o fim da tarde, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, município vizinho.

Autoridades de diversos partidos lamentaram a morte do tucano. “Foi com pesar que tomei conhecimento da morte do deputado Sérgio Guerra. Aos amigos e familiares, solidarizo-me neste momento de dor”, disse a presidente Dilma Rousseff (PT).



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: