Mourinho critica 'onda' de naturalizações dos jogadores | Diário Regional

Mourinho critica ‘onda’ de naturalizações dos jogadores

02/03/2014 2:59
Print Friendly, PDF & Email

LONDRES – O técnico José Mourinho, atualmente no Chelsea, da Inglaterra, criticou duramente a naturalização dos jogadores para as seleções que vão disputar a Copa do Mundo no Brasil a partir de junho. O comandante português declarou que, se um dia comandar a equipe nacional de Portugal, só chamará jogadores nascidos no local ou que tenham uma grande identificação familiar com o país europeu.

“Se um dia eu for treinador de Portugal, só convocarei jogadores nascidos no meu país. Ou, se não forem nascidos no meu país, então, que tenham pais com uma grande relação com o país”, disse Mourinho, durante entrevista coletiva. O técnico se referiu à possível convocação do volante brasileiro Fernando, campeão sul-americano sub-20 com o Brasil em 2007 e que corre risco de estrear por Portugal na convocação da Copa.

Há mais de seis anos no Porto, o jogador recebeu em dezembro o novo passaporte e só não foi convocado para enfrentar Camarões devido a detalhes pendentes de sua naturalização na Fifa.

A crítica de Mourinho acontece em um momento que ao menos sete seleções acabam de vencer disputas por atletas com dupla cidadania ou ainda aguardam decisões judiciais de naturalizações para definir os elencos que trarão ao Mundial do Brasil. Na última sexta-feira, os brasileiros Thiago Alcântara e Diego Costa também foram convocados para defender a Espanha, em um amistoso contra a Itália.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: