Sem sustos, Palmeiras vence o S.Bernardo | Diário Regional

Sem sustos, Palmeiras vence o S.Bernardo

28/02/2014 9:24
Print Friendly

Valdivia comemorou gol e, depois, reclamou quando questionado sobre cartão - Foto: Daniel Vorley/Agif/Estadão ConteúdoDepois de perder a invencibilidade diante do Botafogo, no último domingo, o Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Paulista, ontem (27). Em partida válida pela 11ª rodada da competição, o time de Gilson Kleina bateu o São Bernardo por 2 a 0, no Pacaembu, diante de 6.742 torcedores.

Havia a expectativa de que o Tigre repetisse as boas atuações contra Corinthians e São Paulo, mas não foi o que ocorreu. Alan Kardec, que cumpriu suspensão na rodada anterior, abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo. Valdivia, aos 11 minutos da etapa final, também deixou o seu.

Com o resultado de ontem, o Palmeiras chegou aos 26 pontos e continua na liderança isolado do Grupo D do Paulistão. O São Bernardo, que tem 18 pontos, manteve-se na terceira posição do Grupo C, com a mesma pontuação da Ponte Preta, mas uma vitória a menos.

Na próxima rodada, quarta-feira, às 19h30, o time do ABC enfrenta o Rio Claro, no estádio Primeiro de Maio. No dia seguinte, às 19h30, o Palmeiras recebe a Portuguesa no Pacaembu. O time alviverde não contará com a presença de Valdivia, que recebeu o terceiro cartão amarelo, mas não jogaria de qualquer jeito – foi convocado para o amistoso do Chile contra a Alemanha.

O Palmeiras tomou a iniciativa da partida na etapa inicial e criou a primeira oportunidade aos 17 minutos, quando Marquinhos Gabriel cruzou da direita, na medida para Valdivia dentro da área. O chileno não conseguiu o domínio, mas ganhou escanteio.

Na defesa, o goleiro Fernando Prass travou duelo particular com Rodrigo Careca, que exigiu ao menos quatro defesas difíceis do palmeirense ao longo do confronto.

Aos 21 minutos, outra chance para o alviverde: Marquinhos Gabriel alçou na área e Alan Kardec desviou de cabeça, mas Wilson Júnior saltou bonito para evitar o gol. Pouco depois, aos 24, o goleiro do Tigre não resistiu à finalização do artilheiro alviverde. A jogada começou com uma bela inversão de Vinícius para Marquinhos Gabriel na direita. O meia achou Uendel e o lateral cruzou na área, para Alan Kardec. Bem posicionado, o camisa 14 empurrou para o fundo da rede.

Segundo tempo

Na volta dos vestiários, o Palmeiras diminuiu o ritmo, mas não abdicou do ataque. Procurando o jogo, Valdivia puxou contra-ataque aos 11 minutos. A bola passou pelos pés de Wesley, Juninho e Vinícius antes de voltar para o chileno. Livre na área, ele dominou e chutou rasteiro: 2 a 0.

O segundo gol deu mais tranquilidade aos palmeirenses, que passaram a valorizar mais a posse de bola. O São Bernardo, por sua vez, criou pouco. As melhores chances dos visitantes saíram dos pés de Careca – que, no entanto, levou a pior sobre Fernando Prass. Os donos da casa trabalharam bem a bola no ataque, mas já pareciam satisfeitos com o 2 a 0.

Valdivia fica irritado com  perguntas sobre amarelo

Depois da vitória do Palmeiras sobre o São Bernardo por 2 a 0, ontem (27), o chileno Valdivia se irritou com as perguntas sobre o cartão amarelo que recebeu aos 40 minutos do segundo tempo, após fazer falta em Dudu. Como foi convocado para a Seleção Chilena, o jogador, que estava pendurado com dois cartões, já não atuaria na próxima rodada, contra a Portuguesa.

Indagado por um repórter sobre o lance, o jogador respondeu com rispidez: “Fiz uma falta. O que é que tem? Não se pode fazer falta? Qual o problema?”, questionou. Outro repórter insistiu e perguntou sobre se o recebimento do cartão havia sido combinado no vestiário. “Não, não foi combinado”, afirmou com convicção.

No ano passado, durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, Valdivia recebeu dois jogos de suspensão após confessar ter forçado o recebimento de um cartão amarelo no jogo contra o Paraná, no segundo turno.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: