Prefeitura de Santo André quer extinguir a terceirização na merenda | Diário Regional

Prefeitura de Santo André quer extinguir a terceirização na merenda

27/02/2014 10:02
Print Friendly, PDF & Email

SANTO ANDRÉ – A Prefeitura de Santo André espera contratar 120 profissionais da merenda para o atendimento em escolas de ensino infantil e fundamental da cidade. “A prefeitura iria devolver ao governo do Estado a responsabilidade de fornecimento, que hoje é feito pela Craisa. Foi pedido que o município arque com esse custo ao longo de 2014”, explicou o vereador José de Araújo (PMDB). A proposta foi aprovada em primeira votação na terça-feira (25).

Segundo o líder de governo, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) recomendou que a cidade contrate esses profissionais ao invés de contratos terceirizados. “Hoje são 95 escolas estaduais, sendo que fornecemos a merenda somente até o nono ano”, destacou.

É provável que os servidores sejam realocados em escolas municipais a partir de 2015, quando a responsabilidade de alimentação de alunos da rede estadual recairá ao governo do Estado. Questionada, a prefeitura não informou quantas merendeiras trabalham no município.

 

 

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: