Mauá registrou superávit de R$ 118,6 milhões no ano passado | Diário Regional

Mauá registrou superávit de R$ 118,6 milhões no ano passado

27/02/2014 10:00
Print Friendly, PDF & Email

MAUÁ – A Prefeitura de Mauá registrou superávit de R$ 118,6 milhões em 2013. O dado positivo resulta da diferença entre a receita arrecadada de R$ 777,1 milhões e a despesa empenhada de R$ 658,5 milhões. A informação foi divulgada durante audiência pública realizada pela Secretaria de Finanças na manhã de ontem (26), na Câmara.

A demonstração do acompanhamento de resultados financeiros é disposição constitucional ditada pela Lei de Responsabilidade Fiscal. A audiência em questão trouxe dados consolidados relativos a 2013, com a inclusão do terceiro quadrimestre.

“O resultado primário positivo é decorrência de ações de gestão administrativa que culminaram com ingresso extra de recursos e ampliação de repasses e transferências estaduais e federais”, destacou a secretária interina de Finanças, Ruzibel Sena de Carvalho.

Repasses

Entre as ações a secretária cita, por exemplo, a ampliação das transferências do governo gederal para a Saúde, repasses do governo do Estado para o Hospital Nardini e a concessão da folha de pagamento do funcionalismo para a Caixa Econômica Federal.

A ampliação de recursos federais para a Saúde é desdobramento de revisão e reenquadramento da cidade em critérios de investimentos com base em número de habitantes. Somente esta medida do município junto ao SUS representou ingresso adicional de R$ 17 milhões.

Repasses do Estado para custeio do Hospital Nardini responderam por saldo positivo de R$ 6 milhões, ao passo que a transferência do gerenciamento da folha de pagamento do funcionalismo para a Caixa Econômica Federal representou entrada de R$ 10 milhões.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: