Silvana afirma que vai processar empresa de Tocantins | Diário Regional

Silvana afirma que vai processar empresa de Tocantins

26/02/2014 14:00
Print Friendly

Silvana: “eu não estive lá (em Palmas), porque estava aqui” - Foto: Wilson de Sá/CMDDIADEMA – A vice-prefeita de Diadema, Silvana Guarnieri (PTB), que tomou posse ontem (25) no Paço, depois de pedido de afastamento do titular Lauro Michels (PV), para resolver problemas particulares, afirmou que vai processar a empresa Terra Clean caso não haja solução sobre a investigação que está sofrendo no Ministério Público do Tocantins (MP-TO), por supostas irregularidades em contrato da empresa com a Prefeitura de Palmas (TO). “Se isso não se resolver de bom grado, tenho de entrar (com o processo).”

Silvana afirmou que já fez a sua defesa, por meio do MP de São Paulo. “Minha defesa foi normal. Não estive lá (em Palmas), pois estava aqui (Diadema). Têm toda uma argumentação técnica na minha defesa. Dei qualificação técnica para a empresa. Porém, na sequência, repassei para um engenheiro de lá. Não assumi os serviços”, explicou.

A prefeita em exercício é formada em engenharia ambiental e foi indicada como responsável técnica da Terra Clean em julho de 2013. A empresa celebrou contrato com a Prefeitura de Palmas, mas o MP-TO questionou o acordo, pois não houve licitação, além de não existir comprovação de habilitação técnica da prestadora de serviços.

Sobre o convite que recebeu para sair candidata a deputada federal, Silvana destacou que ainda não sabe se vai aceitar, pois não teve tempo de conversar sobre possíveis dobradas na região. A petebista afirmou que o fato de o partido não ter um forte candidato na região, dificulta a sua escolha. A petebista admitiu que foi sondada por pré-candidatos de outras legendas, mas não quis revelar os nomes.

Silvana entrou para a história de Diadema por ser a primeira mulher a assumir o Paço. A petebista considera que esse momento pode ser muito importante para que as mulheres possam entrar na política. “As mulheres estão participando mais dos momentos, até porque as próprias administrações públicas têm permitido isso”, concluiu.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: