Gasolina é vantajosa em 35% dos postos do ABC | Diário Regional

Gasolina é vantajosa em 35% dos postos do ABC

26/02/2014 9:24
Print Friendly, PDF & Email

Etanol é vendido, em média, a R$ 1,957 o litro nos postos de combustível da região - Foto: ArquivoO proprietário de veículo flex da região vai ter de apelar à calculadora para saber se enche o tanque de combustível com etanol hidratado ou gasolina. Pesquisa realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com dados compilados pelo Diário Regional, revela que o renovável já custa, na média, 69,7% do valor do derivado do petróleo no ABC.

Segundo especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso quando o preço do renovável é superior a 70,5% do valor da gasolina. O cálculo pondera que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. Quando a relação fica entre 70% e 70,5%, é considerada indiferente a utilização dos dois combustíveis. Abaixo de 70%, o renovável é vantajoso.

Segundo a ANP, a relação etanol/gasolina média no ABC é inferior a 70% há 40 semanas – a última vez em que foi superior ocorreu entre 12 e 18 de maio de 2013 –, mas a tendência é de que a gasolina volte a ser competitiva nas próximas semanas, devido ao fim da safra de cana de açúcar.

Apenas na semana passada, o renovável ficou 2,51% mais caro nos postos da região e passou a custar, em média, R$ 1,957 o litro. A gasolina, por sua vez, subiu 0,61% e foi encontrada, em média, por R$ 2,808 o litro nos estabelecimentos.

Ainda segundo a ANP, que pesquisa o preço dos combustíveis em cerca de 140 postos da região semanalmente, a gasolina é hoje vantajosa em 49 estabelecimentos, ou 35% do total. Em 14 (10%), o uso é indiferente e nos demais 77 (55%) o etanol segue vantajoso para o consumidor do ABC.

É mais difícil encontrar etanol competitivo em São Caetano, onde em 13 dos 20 estabelecimentos a relação é superior a 70,5%; e em Santo André, onde a gasolina é vantajosa em 21 dos 46 postos.

Calculadora

O consumidor deve fazer o cálculo para saber como está a relação no posto em que costuma abastecer. Ocorre que alguns estabelecimentos da região comercializam o etanol hidratado a R$ 1,78 o litro – valor comumente praticado no auge da safra de cana de açúcar –, enquanto em outros os preços já atingiram R$ 2,099. O renovável é vendido pelo menor preço médio em Diadema (R$ 1,894 o litro) e pelo maior em São Caetano (R$ 1,997 o litro).

A tendência é de que o etanol fique ainda mais caro na bomba, uma vez que, nas últimas quatro semanas, os preços subiram 10,2% nas usinas paulistas, com o produto variando de R$ 1,2837 para R$ 1,4148 o litro nas indústrias, segundo pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). No mesmo período, o preço avançou apenas 3% nos postos. A trajetória do preço do etanol nos postos, porém, vai depender também de eventual redução da demanda, que pressionaria novamente os valores para baixo.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: