Empresário morre afogado durante aula em raia da USP | Diário Regional

Empresário morre afogado durante aula em raia da USP

26/02/2014 9:06
Print Friendly

SÃO PAULO – Após quase 14 horas de buscas, o corpo de um homem que morreu numa aula de stand-up paddle (esporte praticado com prancha e remo) foi encontrado na raia olímpica da USP. O empresário Everaldo Miranda, 42, sumiu por volta das 20h de segunda-feira (24), quando praticava a atividade com um grupo de atletas.

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Alexandre Antunes, a vítima não usava colete salva-vidas nem leash (corda que prende a prancha ao tornozelo). Para o capitão, ele se afogou ou passou mal e depois se afogou na raia, que tem 2,5 km de extensão e seis metros de profundidade.

O responsável pelas aulas é o bicampeão brasileiro de stand-up paddle Luiz Carlos Guida, o “Animal”. Ele é o atleta número 1 do ranking da CBSUP (Confederação Brasileira de Stand Up Paddle).

O delegado que investiga o caso, Paulo William Bittencourt, disse que Guida poderá ser indiciado sob suspeita de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. “Uma pessoa não pode ser colocada numa situação de risco, e (professor) deveria manter a integridade dos alunos”, disse.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: