Ecovias realiza reintegração de posse em Diadema | Diário Regional

Ecovias realiza reintegração de posse em Diadema

26/02/2014 8:30
Print Friendly

As três famílias removidas alegaram que não sabiam sobre a data em que o  mandado de reintegração seria cumprido - Foto: Eberly Laurindo especial para o DRFoi realizada reintegração de posse, ontem (25), em terreno que pertence à Ecovias localizado na rua Júpiter, no bairro Serraria, em Diadema. As três famílias removidas alegaram que não sabiam sobre a data em que o mandado seria cumprido e fizeram m protesto que interditou por uma hora, a rodovia dos Imigrantes no sentido litoral.

Segundo Joyce Mirely dos Santos Farias, há duas semanas pessoas ligadas a prefeitura “vieram falar que a Ecovias iria derrubar (as casas), mas não deram uma data”. Os moradores afirmaram que, na segunda-feira (24), teriam ido a um advogado que informou que não havia data para a reintegração, mas por volta das 6 horas funcionários da Ecovias chegaram ao local para a remoção.

Joyce também informou que as famílias tomaram conhecimento, na quinta-feira passada (13), de reunião com o secretário de Habitação de Diadema, Eduardo Monteiro, mas o encontro não aconteceu.

As famílias também reclamaram da falta de informação sobre a inclusão no Programa de Aluguel Social. Segundo Emerson Luiz de Lima, morador do local há cinco anos, que um homem chamado Santos procurou as famílias para fazer ma parceria, fim de incluí-las no programa social do município.

Questionada sobre o assunto, a prefeitura, por meio de nota, informou desconhecer o assunto e que o Executivo auxiliou as famílias “sobre os procedimentos para solicitar o aluguel social, que deverão ser angariados junto à proprietária do terreno”, no caso a Ecovias.

Três famílias foram removidas do terreno da empresa, que alegou cumprir decisão judicial - Foto: Eberly Laurindo especial para o DRSegundo o vereador de Diadema Ronaldo Lacerda (PT), existia acordo desde 2011 entre a prefeitura, a Ecovias e o Ministério Público para que não ocorresse mais reintegração de posse na região. Segundo o parlamentar, tem mais sete famílias que estão na iminência de serem removidas.

As famílias ainda não sabem para onde vão. Joyce afirmou que sua família está abrigada na garagem de um vizinho, mas não sabe até quando ficará no local. No total, oito pessoas ficaram desabrigadas. Não há informações sobre novas reintegrações de posse no local.

Determinação

A Ecovias esclareceu, por meio de nota, que a reintegração de posse realizada ontem no km 18 da Rodovia dos Imigrantes obedeceu a determinação judicial. As três moradias alvos da ação de estavam situadas irregularmente na faixa de domínio da rodovia. Vale ressaltar que, antes de tomar qualquer medida judicial, a Ecovias procura solucionar a questão de maneira amigável, inclusive com o envio prévio de notificação aos moradores comunicando sobre a irregularidade da ocupação e necessidade de desocupação da área.

Por volta das 12h, um pequeno grupo de manifestantes, cerca de dez pessoas, invadiu a rodovia e a bloqueou no sentido do litoral por alguns minutos. Antes das 12h30, os manifestantes já tinham se retirado, mas a via só pode ser liberada totalmente às 13h, após limpeza.

 

 

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: