Motorista que atropelou dez em SP é preso sob suspeita de embriaguez | Diário Regional

Motorista que atropelou dez em SP é preso sob suspeita de embriaguez

25/02/2014 6:00
Print Friendly, PDF & Email

Carro ficou destruído após atropelar foliões - Foto: Reprodução/G1SÃO PAULO – O comerciante Sulivan de Oliveira, 26, que atropelou dez pessoas ontem após o desfile de blocos de Carnaval na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, foi preso sob suspeita de lesão corporal e embriaguez ao volante.

Como a pena dos crimes é superior a cinco anos de prisão, a delegada não pôde estipular uma fiança para que ele responda em liberdade. O caso será encaminhado a um juiz que decidirá o valor. A reportagem não conseguiu localizar o advogado do comerciante, que foi levado para o CDP (Centro de Detenção de Provisória) Pinheiros.

As vítimas estavam comemorando o Carnaval na rua, que estava lotada. Todas tiveram ferimentos leves. Segundo a polícia, Oliveira tinha claros sinais de embriaguez: olhos vermelhos, hálito de odor etílico e andar cambaleante. O exame com o bafômetro, porém, não foi feito porque não havia o aparelho no momento da prisão, segundo o boletim de ocorrência.

Em entrevista à Rede Globo, a mulher de Sulivan admitiu que ela e o marido haviam bebido cerveja. “Eu bebi, ele bebeu. Ele bebeu duas latinhas de cerveja”, afirmou Luana Siqueira, 29. Ontem, em depoimento à polícia, o comerciante disse que acelerou “para fugir da multidão” que o agrediu.

Oliveira chegou na delegacia com a cabeça enfaixada. Contou que levou pontos na cabeça e nas mãos devido às agressões. “Foi uma tragédia anunciada”, disse Angela Campo, da Associação dos Moradores da Vila Madalena, para quem as ruas do bairro não comportam a quantidade de blocos – foram 29 apenas no último fim de semana. A CET diz que acompanhou a movimentação e que vai reforçar o monitoramento.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: