Palmeiras tenta manter invencibilidade | Diário Regional

Palmeiras tenta manter invencibilidade

23/02/2014 8:03
Print Friendly

Com Valdivia em campo, Palmeiras não perde desde março de 2013. Foto: Cesar Greco Estadão ConteúdoInvicto no Campeonato Paulista, o Palmeiras conta com ajuda extra para tentar manter a boa campanha na competição. Poupado contra o Ituano, o meia chileno volta à equipe titular hoje (23), às 18h30, diante do Botafogo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela décima rodada.

A última derrota da equipe alviverde com o chileno em campo aconteceu em 6 de março do ano passado, quando os palmeirenses perderam por 1 a 0 para o Tigre, pela Copa Libertadores. Desde então, são 25 partidas de invencibilidade do time com Valdivia.

Com um discurso modesto, o jogador definiu a estatística positiva como uma “feliz coincidência”. “É mérito de todo mundo. Se há esta marca, não é por causa de um só, é pela equipe toda. Tive sorte. Bem na hora em que joguei, o time não perdeu”, brincou o meia.

Assim como no ano passado, Valdivia segue planejamento especial elaborado pela comissão técnica, com o objetivo de evitar novas lesões. Por isso, é preservado em algumas partidas. Ainda que a contragosto, o chileno respeita a decisão do técnico Gilson Kleina e reconhece que a estratégia tem ajudado a mantê-lo longe do departamento médico do clube. “Gostaria de estar sempre em campo. Quem sabe daqui a pouco não precise mais ser poupado”, completou.

Desfalques
Líder do Grupo D do Estadual, com 23 pontos, o Palmeiras deverá ter oito desfalques contra o Botafogo. Na última sexta-feira, o lateral Juninho e o volante Wesley sentiram dores musculares e não treinaram com o restante do elenco alviverde. Para piorar, o atacante Leandro sofreu um corte na perna no treinamento de ontem pela manhã e também não viajou com a delegação.

Os três atletas se juntam à extensa lista formada pelos atacantes Alan Kardec, expulso na última quarta-feira contra o Ituano, e Diogo, contundido; pelos zagueiros Wellington e Victorino e pelo volante Josimar, também se recuperando de lesão.

Assim, o ataque do Palmeiras deve ser formado pelos jovens Miguel e Vinicius. O treinador Gilson Kleina tem ainda Rodolfo, recém-contratado do Rio Claro, como opção. Uma alternativa é escalar o meia Marquinhos Gabriel mais avançado.

“A expectativa é boa. Não fico feliz pela suspensão do Kardec, que tem sido nosso principal jogador, mas pela oportunidade de mostrar meu futebol. Espero ir para Ribeirão Preto e, se Kleina precisar contar comigo, vou estar à disposição dele”, afirmou Miguel.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: