São Bernardo vai ampliar coleta seletiva para mais dois bairros | Diário Regional

São Bernardo vai ampliar coleta seletiva para mais dois bairros

21/02/2014 11:18
Print Friendly, PDF & Email

Central de triagem no bairro Cooperativa processa cerca de 20 toneladas de resíduos ao mês - Foto: Eberly Laurindo especial para o DRA Prefeitura de São Bernardo vai expandir, a partir da Quarta-feira de Cinzas (5), a coleta seletiva para os bairros Planalto e Anchieta. Juntamente com Rudge Ramos, Pauliceia, Jordanópolis; Nosso Senhor do Bonfim, Fei Mizuho, Parque Selecta; e Taboão, o serviço já atende entre 30% e 35% dos domicílios e deve chegar a todo o município até o fim deste ano.

Na tarde de ontem (20) o prefeito Luiz Marinho entregou a reforma da Central de Triagem de Materiais Recicláveis, no Bairro Cooperativa. O equipamento, que emprega 84 funcionários, sendo 20 do antigo Lixão do Alvarenga, recebeu melhorias, como construção de vestiários e banheiros, remanejamento de esteira e compra de empilhadeira.

A presidente da Co­operativa Central do ABC (Coopcent), que realiza a triagem no local, Maria Lucia de Souza, comemorou as intervenções realizadas. “Agora temos ainda melhores condições de trabalho. Quando começamos, no bairro Rudge Ramos, nossa situação era muito precária”, afirmou. Segundo Maria Lucia, a cooperativa pode incluir novos trabalhadores, até o total de 120. “Se olhar o que a gente era na época do lixão (Alvarenga) e o que a gente é agora, mudou muito. Tivemos parceiros que confiaram em nós e mostramos do que somos capazes”, declarou, durante a solenidade de reinauguração.

Triagem

A cooperativa realiza, atualmente, a triagem de cerca de 20 toneladas de resíduos por mês. A expectativa é que esse volume aumente na medida em que a coleta seletiva porta a porta vá alcançando outros bairros. “É importante destacar que para esse processo dar certo é preciso o envolvimento de todos. Não adianta os filhos e a mãe separarem direito o lixo se o pai, ou o avô, não colaboram. É preciso conscientização e colaboração de todo mundo”, completou o prefeito.

Segundo a prefeitura, as cooperativas têm papel importante no aumento da quantidade de material reciclado na cidade, que em oito meses passou de 0,87% para 1,7% graças à implementação da coleta seletiva porta a porta, no segundo semestre de 2013. Os munícipes devem separar em sacolas os materiais recicláveis, como papel, plástico e metal. Em outra deve ser colocado o vidro por questões de segurança do morador e dos coletores. Os caminhões de coleta passarão nas ruas conforme programação. Tocam a música da campanha para que os moradores saibam a hora que devem entregar seus resíduos para o coletor. O lixo orgânico continua sendo recolhido normalmente.

A outra cara da reciclagem: catadora entra na universidade

Valdineia: “o catador chegou na universidade” - Foto: Eberly Laurindo especial para o DRQuem ainda pensa que o catador de material reciclável é aquele trabalhador ou trabalhadora com pouca escolaridade e nenhuma outra oportunidade, precisa, com urgência, rever os seus conceitos. Como disse a cooperada Valdineia Adriana de Jesus, durante a reinauguração da Central de Triagem de Materiais Recicláveis no Bairro Cooperativa realizada ontem (20), “o catador chegou até a universidade.”

Valdineia é coordenadora da esteira, onde os cooperados realizam a separação dos materiais para posterior compactação e venda às indústrias, e está no primeiro semestre do curso superior de administração. “Quando começou essa movimentação em torno da cooperativa, eu mesma estava desanimada. Não via as coisas melhorarem. Hoje já enxergo outro futuro”, declarou.

A estudante afirmou, também, que os catadores da atualidade não são mais “os coitadinhos, que trabalhavam no lixão por não terem outra opção”. “Somos trabalhadores, com boas condições de vida e principalmente dignidade”, pontuou. Depois de formada, Valdineia considera continuar trabalhando na cooperativa, mas quer mesmo tentar carreira no funcionalismo público. “Vou exercer minha profissão com orgulho de ter sido catadora”, concluiu.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: