Após protestos de atletas, Éder Xavier deixa pasta de Esportes de São Caetano | Diário Regional

Após protestos de atletas, Éder Xavier deixa pasta de Esportes de São Caetano

21/02/2014 11:12
Print Friendly

Em passeata, manifestantes reivindicaram a saída do secretário e salários atrasados - Foto: FolhapressO secretário de Esportes de São Caetano, Éder Xavier (PCdoB), entregou, ontem (20), carta de demissão ao prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). O comunista assumiu a pasta em novembro de 2013, mas enfrentou a ira dos atletas de alto rendimento quando anunciou, no início deste ano, que faria cortes nos investimentos para a área. A crise levou o campeão olímpico Arthur Zanetti a ameaçar deixar de defender São Caetano e ficou insustentável ontem, quando cerca de 200 pessoas protestaram no Centro da cidade devido aos atrasos na ajuda de custo aos atletas, que somam R$ 2 milhões e passavam de quatro meses.

Fontes ouvidas pela reportagem confirmam que, depois de formalizar o pedido de exoneração a Pinheiro, Xavier pediu para que uma equipe recolhesse seus pertences da secretaria. Ele já havia deixado o posto quando a passeata chegou à sede da prefeitura. Eleito vereador com pouco mais de 1,2 mil votos nas eleições de 2012, o agora ex-secretário voltará a ocupar sua cadeira na Câmara na próxima semana.

Em nota enviada à imprensa, Xavier disse que recebeu de Pinheiro a missão de combater “irregularidades existentes há muito tempo no esporte da cidade”. Xavier tinha verba empenhada para efetuar os repasses, mas não o fazia por alegar que havia irregularidades nas prestações de contas. “Essa tarefa gerou resistência por parte de setores beneficiados pelas práticas irregulares. Apesar dos desconfortos, nunca houve a intenção de desmerecer qualquer atleta ou técnico”, diz a nota.

No final da tarde de ontem, o executivo municipal informou que o agora ex-chefe de Gabinete Walter Figueira Júnior será o novo secretário de Esportes. Figueira tomará posse hoje (21).

Manifestação

A concentração começou no Centro de Ginástica Artística, no bairro Santa Paula, local que serve de base para os treinos de Zanetti, e seguiu até a porta da prefeitura, no bairro Cerâmica.

Zanetti não participou da caminhada, sob alegação de que havia cláusulas com patrocinadores que o impediam de acompanhá-la, e foi diretamente à prefeitura.

Apenas o ginasta, seu técnico Marcos Goto, seu empresário Marcel Camilo e alguns coordenadores foram admitidos na prefeitura, onde tiveram reunião com Pinheiro por quase uma hora. Depois do encontro, o prefeito afirmou que a dívida referente à ajuda de custo será quitada.

Segundo o prefeito, as modalidades devem começar a receber a remuneração atrasada a partir da segunda ou terça-feira da próxima semana, de forma parcial.

O corte nos orçamentos específicos de cada modalidade, que estava previsto, não ocorrerá mais. “Não vai ter nenhum corte de orçamento”, disse Pinheiro.

“A possibilidade de deixar São Caetano existia e isso me afetava. Agora espero que todos tenham tranquilidade para treinar”, afirmou Zanetti.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: