Oposição vai pedir apoio à população para aprovar CPI na Câmara de S.Bernardo | Diário Regional

Oposição vai pedir apoio à população para aprovar CPI na Câmara de S.Bernardo

19/02/2014 9:58
Print Friendly

Fuzari: “precisamos levar (o tema da CPI) para a sociedade” - Foto: ArquivoOs vereadores de oposição em São Bernardo reuniram-se ontem (18), a fim de definir nova tática para conseguir assinaturas visando à instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a compra de uniformes escolares pela prefeitura. Os parlamentares vão em busca de apoio popular, para pressionar o bloco governista a assinar o requerimento.

“Precisamos levar (o tema) para a sociedade. Vamos levar essa informação, que é muito importante para o município, às ruas, por meio de panfletagens, reuniões e uma série de ações”, explicou Julinho Fuzari (PPS).

Entre os canais de divulgação estão as reuniões de prestação de contas que o PPS fará na cidade a partir de março. Serão mais de 80 encontros, liderados pelo deputado estadual e pré-candidato a federal Alex Manente (PPS).

Sobre a participação de Hiroyuki Minami (PSDB), Fuzari afirmou que o tucano vai estudar outras formas de ajuda para emplacar a CPI. Na semana passada, o ex-presidente da Casa não assinou o requerimento, pois considerou que a iniciativa não acrescentaria nada à investigação já realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Segundo as investigações, R$ 3 milhões foram desviados na compra de kits de uniforme escolar entre 2010 e 2012. Há, também, suspeita da participação de funcionários da administração pública.

A oposição vai continuar a conversar com os vereadores governistas, na busca de novos apoios à iniciativa. Para que a CPI seja instalada são necessárias dez assinaturas.

Sessão

Na sessão de hoje, a Câmara votará dois vetos do Executivo a projetos aprovados pela Câmara de autoria de vereadores e que vão entrar como pauta obrigatória. O primeiro é de Rafael Demarchi (PSD), que obriga agências bancárias a instalar caixas eletrônicos com altura menor do que o padrão. O segundo é de autoria de Luiz Francisco da Silva, o Luizinho (PT), que determina que as agências dos Correios da cidade instalem banheiros e bebedouros.

O único projeto de autoria do Executivo transfere a subordinação do Parque Estoril da Secretaria de Desenvolvimento Econômico para a pasta de Gestão Ambiental. No ano passado, por meio de decreto, a área virou unidade de conservação.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: