Sondagem a Manente causa reviravolta em São Bernardo | Diário Regional

Sondagem a Manente causa reviravolta em São Bernardo

18/02/2014 10:43
Print Friendly

Fuzari aguarda decisão de Alex Manente - Foto: ArquivoReviravolta no PPS de São Bernardo: devido ao iminente convite para que o deputado estadual Alex Manente assuma o lugar do presidente estadual da legenda, Davi Zaia, na Secretaria Estadual de Gestão Pública, o vereador Julinho Fuzari pode ser convidado a disputar vaga na Câmara dos Deputados. Questionado sobre o assunto, o parlamentar prefere esperar a confirmação do convite do governo do Estado e a decisão de Manente.

“Prefiro esperar que essas coisas aconteçam. Toda candidatura não é motivada somente por desejo próprio, mas também precisa ter apoio do partido e da população. Não tem nada formalizado. Só pretendo conversar quando realmente houver posicionamento do Alex, que é o nosso grande líder”, destacou.

“A população comenta (sobre a possibilidade da candidatura) por causa do trabalho atuante que tenho na Câmara. Isso é natural. Dentro de nosso grupo político não houve qualquer comentário. Até onde sei, o Alex Manente será candidato a deputado federal. O deputado é experiente e sabe muito bem o que deve fazer”, pontuou Fuzari.

Segundo Manente, ainda não houve convite oficial do governador Geraldo Alckmin (PSDB) para que assuma a secretaria. “Até o momento, o que houve foi uma sondagem em cima do meu nome, mas apenas isso. Não houve convite. O PPS está sondando uma série de nomes e o meu está nessa lista. Porém, neste momento, o foco é o meu mandato na Assembleia”, afirmou o deputado estadual.

O nome de Manente surgiu após Davi Zaia informar ao seu grupo político que vai deixar a Secretaria de Gestão Pública para tentar a reeleição como deputado estadual. Segundo noticiado em jornal da região, Alex Manente teria a garantia de que ficará no cargo caso Alckmin consiga se reeleger.

Com a saída de Manente da corrida eleitoral deste ano, outros nomes ganhariam o apoio para a disputa. Para federal, além de Fuzari, estaria cotado o secretário de Cultura de Santo André, Raimundo Salles (PDT), e o ex-vereador de São Bernardo e diretor da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), Admir Ferro (PSDB).

Para uma vaga na Assembleia Legislativa, o deputado apoiaria o nome do irmão, André Manente (PPS). A escolha, se consumada, iria de encontro ao acordo estabelecido durante as eleições de 2012, segundo o qual o vereador do partido que tivesse o maior número de votos seria candidato à Assembleia – no caso, Marcelo Lima.

Lima – que é presidente do diretório do PPS em São Bernardo –, inclusive, confirmou ontem (17) o convite para ser candidato a estadual. Procurado pela reportagem do Diário Regional para comentar o assunto, o popular-socialista não foi encontrado.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: