Caipirinha é item consumido no Carnaval com maior tributação | Diário Regional

Caipirinha é item consumido no Carnaval com maior tributação

18/02/2014 9:56
Print Friendly, PDF & Email

O brasileiro vai pagar até 76,6% de tributos em itens consumidos durante o Carnaval – que, neste ano, será realizado de 1º a 4 de março. De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), as bebidas são os itens com maior carga tributária.

Caipirinha, chope e cerveja carregam, sobre o preço, 76,66%, 62,20% e 55,60% em impostos, respectivamente, segundo o IBPT. Quem não consome bebidas alcoólicas também não fogem do elevado índice de tributação. Prova disso é que o preço do refrigerante em lata embute 46,47% em impostos, o em garrafa carrega 44,55%, a água de coco traz 34,13% e a água mineral, 44,55%.

Outros itens carnavalescos tradicionais são o colar havaiano (45,96% de impostos), confete/serpentina (43,83%) e o indispensável spray de espuma (45,94%), seguidos das fantasias (36,41%), máscaras (43,93%), apito (34,48%) e pandeiro (37,83%). Para quem pretende viajar e acompanhar os desfiles das escolas de samba, a tributação pode chegar a 36,28% (incluindo hotel, ingresso para o desfile e transporte para o sambódromo).

Segundo o presidente do IBPT, João Eloi Olenike, não houve aumento significativo no porcentual de tributação em relação ao ano passado, mas isso não significa que os números do levantamento não vão causar impacto no bolso do folião.

O presidente do IBPT destacou ainda que a tributação do Brasil incide mais sobre o consumo do que sobre a renda. “Isso impede que as famílias brasileiras consumam mais e melhor, ainda mais em uma data tão propícia quanto o Carnaval”, explicou.

Essencialidade

Outro fator que tem peso na tributação é a essencialidade dos produtos consumidos durante o Carnaval. “Como não são itens considerados es­senciais pela legislação brasileira, a incidência de impostos é superior à de outros produtos considerados essenciais”, explicou Olenike.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: