Viagem de ônibus intermunicipal fica mais cara a partir de hoje | Diário Regional

Viagem de ônibus intermunicipal fica mais cara a partir de hoje

16/02/2014 11:27
Print Friendly, PDF & Email

Ônibus realiza desembarque no terminal de São Bernardo: reajuste de 6,54% - Foto: ArquivoAs viagens de ônibus entre os municípios paulistas ficarão mais caras a partir de hoje (16). A Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) autorizou na última sexta-feira reajuste que começa a valer a partir da zero-hora de hoje.

Para os ônibus rodoviários (nos quais os passageiros viajam sentados e têm cadeiras numeradas), o aumento será de 6,54%. Para os ônibus suburbanos (que permitem a viagem em pé, sem cadeiras numeradas e com passagem cobrada no próprio ônibus), a alta é de 7,24%.

Os ônibus que transportam passageiros entre municípios de uma mesma região metropolitana (como um trecho entre São Paulo e Mauá) não estão incluídos no reajuste. Os preços dessas tarifas são de responsabilidade da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

Quem comprou passagens antecipadamente, mesmo que para viajar depois de hoje, pagou o preço sem aumento. Segundo a Artesp, o último reajuste ocorreu em novembro de 2012 (6,85% para ambas as modalidades), enquanto a inflação acumulada no período somou 9,08%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mede a inflação oficial do país.

A Artesp considerou, no cálculo do reajuste, as variações de diversos itens, como os salários – reajustados em cerca de 8% – e o custo do óleo diesel, que subiu 15%. Em 2013, 271 veículos zero-quilômetro passaram a integrar a frota do Sistema de Transporte Intermunicipal.

Viajar de São Paulo a Marília em um ônibus convencional, por exemplo, custava R$ 94,50, já incluídas as taxas de embarque e de pedágio e o seguro, que somam R$ 13,83. A partir de hoje, o valor será de R$ 99,77. O reajuste é aplicado somente à tarifa. Taxas e seguro seguem inalterados.

Os valores das passagens são definidos pela Artesp de acordo com a quilometragem percorrida na viagem. Um trecho de 150 km em ônibus suburbano custa, hoje, R$ 16,16. Na opção rodoviária, o valor sobe para R$ 28,01. O aumento afeta 631 linhas de ônibus rodoviários e 431 suburbanos.

Gratuidade

Desde o dia 23 de janeiro, idosos a partir de 60 anos têm garantidos dois assentos gratuitos nos ônibus intermunicipais rodoviários. Para usufruir do benefício, o idoso deve apresentar documento de identidade e fazer a reserva junto às empresas com até 24 horas de antecedência.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: