ABC oferece piscinas gratuitas a moradores | Diário Regional

ABC oferece piscinas gratuitas a moradores

16/02/2014 11:41
Print Friendly

Em Mauá, o Complexo Poliesportivo Celso Daniel é aberto ao público aos fins de semana - Foto: Evandro Oliveira/PMMO calor tem batido todos os recordes neste verão e, para refrescar, nada como um bom banho de piscina. Se você não tem uma em casa ou não é sócio de nenhum clube, não se preocupe. Existem opções gratuitas de piscinas públicas, mantidas pelas prefeituras do ABC. Com exceção de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, todas as cidades disponibilizam os equipamentos.

Em Santo André, as seis unidades dos Centros Educacionais (Cesas) oferecem piscinas para recreação aos fins de semana, das 8h às 17 horas, e têm recebido cerca de 400 pessoas por fim de semana. Para utilizá-las é preciso ser morador da cidade e fazer cadastro prévio na unidade escolhida. Os equipamentos permanecem abertos até abril e voltam a funcionar em setembro. As regras de conduta e higiene estão afixadas em cartazes nos próprios Cesas (veja endereços no quadro).

São Bernardo conta com cinco centros de recreação com piscina, que funcionam para o público em geral aos fins de semana, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h30. É preciso realizar a inscrição e exame médico previamente. Os moradores de São Caetano têm a disposição 11 piscinas, para utilização de terça a domingo, das 9h às 17 horas. A expectativa da administração é que 10 mil pessoas utilizem o espaço neste mês. Para utilizá-las, é preciso realizar a matrícula no local escolhido e passar por exame dermatológico. Assim como em Santo André, os equipamentos permanecem fechados entre maio e setembro.

O Clube Municipal Mané Garrincha, em Diadema, é a opção para os fins de semana. A recreação livre acontece das 9h às 12h e das 13h às 16h30 horas. Após a matrícula, o munícipe pode agendar exame dermatológico no próprio clube ou trazer um laudo médico realizado previamente, específico para uso de piscina. O local, que funciona também no inverno graças ao sistema de aquecimento, tem recebido cerca de 1,2 mil pessoas por fim de semana.

Em Mauá, o Complexo Poliesportivo Celso Daniel é aberto ao público aos fins de semana neste ano. É preciso fazer uma inscrição prévia e exame médico, no próprio ginásio. As piscinas ficam abertas das 9h às 12h e das 13h às 17 horas. Cerca de 400 pessoas têm utilizado o equipamento.

Opções pagas

A região conta ainda com opções pagas para utilizar piscinas. No Sesc Santo André, é preciso fazer a carteirinha e realizar exame médico. A piscina ao ar livre funciona de terça a sexta, das 10h às 17h30 e aos fins de semana e feriados das 10h às 18h30 e a coberta de terça à sexta, das 10h às 21h30 e aos fins de semana e feriado das 10h às 18h30. Porém, é preciso chegar cedo, pois são distribuídas 1.250 senhas.

Na Associação de Funcionários Públicos de Diadema, qualquer pessoa pode utilizar as piscinas, de quinta à domingo, das 9h às 18 horas. O exame médico é feito aos sábados, das 11h às 13 horas. O exame médico para adultos é R$ 15 e para crianças até 12 anos, R$ 10. A diária da piscina custa mais R$ 10 para adultos e R$ 7 para os menores de 12 anos. Também são aceitos laudos médicos, seja da rede pública ou particular.

Segundo Corpo de Bombeiros, a região registrou nove afogamentos este ano

Usar piscinas públicas, além de ser uma opção barata, pode garantir mais segurança aos freqüentadores do que lagos ou represas, já que todas contam com salva-vidas. Este ano, se­gundo o Corpo de Bombeiros, já foram registrados nove afogamentos, todos fatais. Foram cinco casos em Santo André, no tancão do Parque Guaraciaba e outros quatro na represa Billings.

Os bombeiros recomendam que as pessoas não consumam bebidas alcoólicas, estejam em represas ou em piscinas e aguardem uma hora e meia para entrar na água após as refeições. Em lugares com correnteza, é preciso permanecer em pontos rasos, de preferência em locais onde existe a presença de salva-vidas.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: