Horário-Verão termina hoje com economia de R$ 405 milhões | Diário Regional

Horário-Verão termina hoje com economia de R$ 405 milhões

15/02/2014 9:20
Print Friendly

BRASÍLIA – Em vigor até meia-noite de hoje (15), quando os relógios devem ser atrasados em uma hora -, o horário de verão reduziu em 4% a demanda por energia nas horas de pico nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Os dados foram divulgados ontem (14) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Iniciado em 20 de outubro de 2013, o horário de verão permitiu economia de R$ 405 milhões enquanto esteve vigente, segundo o ONS. A queda ocorreu a despeito de forte onda de calor nos últimos meses, que elevou o consumo de energia em algumas regiões.

Há uma semana, o ONS divulgou que Sudeste e Sul bateram duas vezes seus recordes de demanda por energia. O valor está dentro da meta inicial do governo de economizar R$ 400 milhões com o horário de verão.

Parte dessa economia foi relacionada pelo ONS a um menor uso de termelétricas no período. O operador indica que isso foi possível com o maior aproveitamento de luz natural e redução do consumo, principalmente nos horários de pico.

Segundo nota do ONS divulgada ontem, “o principal benefício do horário de verão é o aumento da segurança operacional”, que ocorre por causa da menor demanda e propicia “flexibilidade para realizar manutenção nos equipamentos”.

Moradores de dez Estados brasileiros terão de reajustar os relógios neste fim de semana – Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás – além do Distrito Federal.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: