Renato Augusto diz que aguenta jogar 45 minutos | Diário Regional

Renato Augusto diz que aguenta jogar 45 minutos

14/02/2014 10:28
Print Friendly

Renato Augusto realizou trabalho especial de pré-temporada para evitar lesões - Foto: Agência CorinthiansPronto para estrear na temporada, o meia-atacante Renato Augusto, do Corinthians, diz ter condições de jogar pelo menos 45 minutos no clássico de domingo, contra o Palmeiras. O atleta realizou trabalho especial de pré-temporada para evitar lesões e não atuou ainda em 2014. “Por tudo o que vem acontecendo, a vontade de jogar é muito maior. Em princípio, seriam 45 minutos. Porém, no calor do jogo, não tem como dizer. Vamos ver na hora”, explicou o jogador.

Com longo histórico de lesões nos tempos de Flamengo e Bayer Leverkusen, da Alemanha, Renato Augusto teve três problemas físicos pelo Corinthians em 2013. Sofreu lesão na coxa, fraturou osso da face e passou por artroscopia no joelho direito.

Com problemas biomecânicos e de postura, diagnosticados pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti, o jogador vai fazer trabalho especial de reforço muscular durante toda a temporada. “Vou confiar nele (Mazziotti). Me disse que não teria mais lesões. Se tiver, vocês já sabem quem culpar”, brincou.

Ao lado da possível estreia de Jadson, Renato Augusto deve ser a maior novidade da equipe de Mano Menezes, que ainda não definiu se o meia-atacante começa como titular ou entra durante o segundo tempo. “É clássico. Se não for na técnica, tem de ser no coração, mas vejo o Palmeiras com um pouco de favoritismo”, completou.

Pendências

A escalação de Jadson no clássico de domingo, depende apenas de Mano Menezes. O Corinthians resolveu as últimas pendências que impediam a assinatura do contrato. “Até a sexta (hoje), o documento estará assinado. O Jadson poderá jogar o clássico”, garante o diretor de futebol, Ronaldo Ximenes.

Jadson treinou no time titular ontem, no Parque Ecológico. A conclusão da negociação com Jadson dependia de Alexandre Pato, emprestado ao São Paulo. Para fechar o contrato com o clube do Morumbi, o atacante queria receber os direitos de imagem atrasados devidos pelo Corinthians, cerca de R$ 1 milhão.

“Esse nunca foi o maior empecilho. A grande questão era a garantia bancária. Isso conseguimos resolver e já foi apresentada ao São Paulo”, completou Ximenes.

Além de assumir o compromisso de pagar os R$ 350 mil do salário de Jadson, o Corinthians prometeu quitar a metade dos R$ 800 mil mensais recebidos por Pato. O resto fica com o São Paulo, que pediu o documento para estar seguro que o rival vai honrar sua parte no compromisso.

O Corinthians levou quase uma semana para satisfazer a vontade do São Paulo. Ontem, a nova minuta do contrato foi enviada para o presidente Juvenal Juvêncio. Hoje, assim que o contrato for assinado, a documentação de Jadson será enviada à Federação Paulista de Futebol (FPF). O nome do armador precisa ser divulgado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para poder atuar no clássico de domingo.

Jadson entrou em campo pela última vez no dia 2, na derrota do São Paulo ante o Palmeiras, mas não vinha sendo titular. Apesar da falta de ritmo e entrosamento, Mano já sinalizou a intenção de escalá-lo no domingo.

Ontem, Mano testou a equipe com Jadson como principal articulador de jogadas ofensivas. Fez parte do meio-campo ao lado de Ralf, Guilherme e Bruno Henrique, que também deverá fazer sua estreia no jogo com o Palmeiras. Com Emerson suspenso, Mano deve montar o ataque com Romarinho e Guerrero.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: