Divergência faz Schimitd suspender pré-candidatura | Diário Regional

Divergência faz Schimitd suspender pré-candidatura

14/02/2014 11:07
Print Friendly, PDF & Email

Schimitd fez críticas À participação da legenda na assinatura do convênio com o Sesi - Imagem: ReproduçãoO PMDB de Diadema parece viver momentos de tensão. Isso porque o empresário e ex-secretário de Transportes da cidade David Schimitd resolveu suspender seu projeto de disputar cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições deste ano, por não concordar com a postura adotada pela sigla junto à administração do prefeito Lauro Michels (PV). De acordo com Schimitd, nem todos os representantes da legenda estão satisfeitos com os trabalhos realizados pelo governo, o que fez com que tomasse a decisão de suspender sua pré-candidatura a deputado estadual. O empresário aguarda agenda com a cúpula municipal para decidir se dará ou não prosseguimento à sua pré-candidatura.

Embora esteja descontente com a postura do PMDB junto à administração, Schimitd minimizou a possibilidade de deixar os quadros de filiados. “Já manifestei a minha insatisfação e, se for para manter relações desta forma com o governo, não participarei ativamente de mais nada. Sair (do PMDB), não sei se é o caso, mas neste momento qualquer outro projeto fica suspenso. Para mim não existem duas palavras. Ou estamos juntos (com o governo) ou não. Qualquer projeto mediante esse impasse de independência fica suspenso. Se isso é abrir mão (da candidatura), então estou abrindo mão”, declarou Schimitd ao Diário Regional.

A decisão de suspender a pré-candidatura foi tomada no início da semana logo após Michels postar imagens nas redes sociais em que aparece ao lado da vereadora Cida Ferreira (PMDB) assinando o convênio com o presidente do Serviço Social da Indústria (Sesi), Paulo Skaf, que prevê que a instituição implemente atividades complementares de ensino nas escolas municipais. “Naquele momento, o PMDB não estava presente ou não deveria, porque lá estavam o prefeito e o Paulo para a assinatura do convênio. Se o governo do Estado não tem programa à altura (para a educação), o prefeito tem mesmo é de buscar com quem sabe fazer, ou seja, o Sesi”, destacou o empresário.

Respeito

“É estranho ele falar isso, porque se veio agora para o partido, tem de respeitar. O próprio Paulo Skaf mandou me convidar para o evento. Represento sim o PMDB. Agora, se ele não é do PMDB, fica complicado. Talvez tenha se expressado de outra forma. O PMDB abriu os braços para recebê-lo. Deve estar com algum problema e precisa entender que político deve estar em todos os lugares. O político engole sapo com chifre e tudo. Acho o Schimitd um grande empresário e se tem algo contra, que venha falar comigo. Não entendo esse tipo de picuinha”, disse Cida Ferreira.

Schimitd assinou sua ficha de filiação nos quadros da legenda em setembro do ano passado com a pretensão de se lançar candidato a deputado estadual no pleito do segundo semestre deste ano. O empresário fez parte da administração até junho de 2013 e deixou a pasta de Transportes depois de algumas divergências com Michels.



1 Comentário

  • PESSOAS DE BOAS IDEIAS NÃO VOLTA ATRAS NAS SUAS IDEIAS POR ISTO NOSSO AMIGO EM QUESTÃO NÃO E DESTE TIPO ELE CORRE ATRAS DOS SEUS IDEAIS ESTE MEU AMIGO NÃO GOSTA COISA MAL FALADAS POR ISTO O QUE ELE DECIDIR SERA POR TODO SEUS AMIGOS QUE RESPEITA SUA DECISÃO EU O PARABENIZO PELA SUA HONESTIDADE

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: