Após chuva, SP tem alagamento e quedas de árvores | Diário Regional

Após chuva, SP tem alagamento e quedas de árvores

14/02/2014 9:28
Print Friendly, PDF & Email

Bairro do Ipiranga chegou a ficar em alerta por conta do transbordamento do córrego - Foto: Tiago Queiroz/Estadão ConteúdoA cidade de São Paulo deixou os estados de atenção e alerta por volta das 19h de hoje. Apesar disso, a cidade ainda registrava alagamento, quedas de árvores e semáforos com problemas às 19h40 por conta da chuva de mais cedo.

No ABC, houve ponto de alagamento perto da estação de Utinga, em Santo André, prejudicando a circulação dos trens. O Centro de São Bernardo também sofreu alagamento na Faria Lima e na região do Paço Municipal. Na via Anchieta, a chuva provocou alagamento no km 16 sentido São Paulo. Em São Caetano, a avenida Guido Aliberti também foi prejudicada pelo acúmulo de água por volta das 16h30.

A chuva também interrompeu a circulação de trens na linha 10-turquesa, entre as estações São Caetano e Prefeito Saladino, entre as 17h30 e às 18h. O Paese chegou a ser acionado para disponibilizar ônibus para o trecho no período em que houve a restrição.

A chuva teve início ainda no final da tarde e em algumas horas deixou em atenção as zonas leste, oeste e sudoeste, além de parte da sul e da marginal Pinheiros. O bairro do Ipiranga chegou a ficar em alerta – nível mais alto da escala da prefeitura – por conta do transbordamento do córrego Ipiranga.

Aeroporto

Já o aeroporto de Congonhas (zona sul) fechou para pousos e decolagens às 17h46. As decolagens foram liberadas cerca de dez minutos depois. Já os pousos foram liberados apenas por volta das 18h30. Às 22h, o aeroporto registrava no acumulado do dia 38 atrasos, o que corresponde a 16,7% dos 228 voos previstos.

Por volta das 22h, a cidade ainda tinha 12 árvores caídas interrompendo o trânsito e 57 semáforos com problemas, sendo 38 apagados e 19 em amarelo intermitentes. Já os alagamentos, que chegaram a ser sete em toda a cidade, já tinham acabado no horário.

A chuva que atingiu a Capital paulista ontem é resultado de áreas de instabilidade associadas ao forte calor e à entrada da brisa marítima. Foi registrada queda de granizo em ao menos quatro regiões: Vila Mariana, Pinheiros, Saúde e Vila Nova Conceição.

A Capital teve mais um dia de temperaturas elevadas. A estação do CGE na Penha registrou 36,2ºC mais cedo. Outras regiões com temperaturas elevadas foram a Vila Mariana (34,8ºC), o Tremembé (34,5ºC) e o Butantã (34,4ºC).

Hoje, o dia começará com sol e sensação de tempo abafado. A partir da tarde, porém, a nebulosidade aumentará e instabilidades associadas a aproximação de uma frente fria provocarão pancadas de chuva. Há potencial para chuva forte, rajadas de vento e formação de alagamentos. (Folhapress e Reportagem Local)



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: