Venezuelanos protestam em marcha convocada para comemorar data cívica | Diário Regional

Venezuelanos protestam em marcha convocada para comemorar data cívica

13/02/2014 6:00
Print Friendly

VENEZUELA – Os venezuelanos saíram às ruas ontem (12), dia em que se comemora o bicentenário da chamada Batalha da Vitória, para protestar ou manifestar apoio ao governo. Considerada decisiva para a consolidação da independência do país, a batalha foi na cidade de La Victoria, que, na época, resistiu aos ataques espanhóis. A resistência foi liderada por estudantes, e por isso, agora tanto o governo quanto a oposição realizam mobilizações com foco no movimento estudantil.

Nas ruas, o clima era tenso e perceptível a  polarização entre oposicionistas e situacionistas. O presidente Nicolás Maduro disse que convocou a juventude socialista para uma marcha pacífica e acusou a oposição de liderar manifestações violentas.  “A direita quer encher este país de sangue e provocar uma espiral de violência. Por isso, atuaremos com máxima severidade e castigaremos os culpados de ataques fascistas. Não haverá perdão”, disse Maduro, em rede nacional de rádio e televisão.

Manifestações de protesto têm sido registradas nos últimos dias em várias regiões do país. Nas redes sociais, universitários postam fotos de manifestantes feridos, supostamente por policiais a serviço do governo. Nas mensagens postadas, os estudantes acusam a polícia de agir com violência para reprimir o movimento. A polícia diz, porém, que está sendo “provocada e pressionada” pelos manifestantes. Os estudantes têm apoio da oposição, liderada pelo governador do estado de Miranda, Henrique Capriles.

Nas redes sociais e na imprensa local, circulam informações, não confirmadas, sobre prisões arbitrárias de estudantes, enquanto o presidente Nicolás Maduro disse que continuará a prender aqueles que “não protestarem de forma civilizada e incentivarem a desordem e o caos”.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: