Morre Mauricio de Castro, ex-vice-prefeito de S.Bernardo | Diário Regional

Morre Mauricio de Castro, ex-vice-prefeito de S.Bernardo

13/02/2014 14:00
Print Friendly, PDF & Email

Castro lutava contra um câncer há cinco anos - Foto: CMSBC/Léo JuniorSÃO BERNARDO – Mau­ricio de Castro morreu ontem (12), aos 71 anos, no hospital Sírio Libanês, na Capital. O político, que foi vereador e vice-prefeito de São Bernardo, lutava há cinco anos contra um câncer na próstata. O velório foi realizado no Anexo II da Câmara. Familiares e amigos compareceram ao local para prestar suas últimas homenagens. Mauricio de Castro foi enterrado no cemitério da Vila Euclides, no final da tarde.

Para o ex-vereador Ary de Oliveira, Castro foi um exemplo de político. “Quando tomei posse de meu primeiro mandato na Casa, em 1989, o Mauricio foi a pessoa em que me espelhei, por causa de seu caráter e firmeza”, disse, lembrando que Mauricio de Castro tinha “herdado” o talento político de sua mãe, Tereza Delta, que foi vereadora e prefeita de São Bernardo.

“Um estilo forte, guerreiro e que sempre dignificou a política de São Bernardo. Era muito querido na cidade. Minha amizade com Mauricio de Castro era muito forte. Para se ter ideia, algumas pessoas que votavam em mim diziam que faziam isso por causa do Mauricio”, completou Oliveira.

Para o deputado federal William Dib (PSDB-SP), Mauricio de Castro foi um “ícone para São Bernardo”. “Ele lutava na política dentro das regras, da moral, foi um exemplo. Soube dialogar com os adversários. Infelizmente perdemos um grande exemplo de homem público. Mauricio foi uma pessoa que me ensinou muito”, afirmou Dib. Mauricio de Castro foi assessor especial do tucano durante sua gestão, entre 2005 e 2008.

Vida Pública

Mauricio Caetano de Castro foi eleito vereador pela primeira vez em 1968. Em 1972 foi reeleito, sendo o parlamentar mais votado da cidade. Entre 1983 e 1984 presidiu o Legislativo são-bernardense.
Em 1992 se afastou da política, mas voltou seis anos mais tarde. Entre 2000 e 2004 foi vice-prefeito na gestão de Mauricio Soares (PSB). Ele deixa a esposa, Maria Helena Lazzuri, e dois filhos.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: