Câmara de Santo André vota desconto para quem reduzir consumo de água | Diário Regional

Câmara de Santo André vota desconto para quem reduzir consumo de água

13/02/2014 10:22
Print Friendly, PDF & Email

Dilma Pena afirma que o sistema andreense não aguenta maiores vazões de água - Foto: ArquivoOs vereadores de Santo André devem votar, na sessão de hoje (13), desconto de 30% para moradores que economizarem água entre este mês e maio. O abatimento será concedido nos casos em que haja queda de 20% no consumo em relação à média dos últimos 12 meses. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) anunciou medida com os mesmos moldes no começo do mês, válida para residência, comércio e indústria.

A ação foi proposta pelo poder Executivo, apesar de os reservatórios que abastecem a cidade, Rio Claro e Rio Grande, marcarem 91% e 89% de água de acordo com dados da Sabesp. Os reservatórios correspondem a 94% do total do oferecido à cidade, sendo que a Estação de Tratamento de Água (ETA) Guarará capta os outros 6%.

Os munícipes sofrem com a falta de água antes mesmo do verão e do período de falta de chuvas e altas temperaturas. O tema foi motivo de reclamações na Câmara, inclusive de vereadores do mesmo partido do prefeito Carlos Grana (PT), como o parlamentar José Montoro Filho, o Montorinho (PT). O oposicionista Luiz Zacarias (PTB) até marcou um protesto na Vila Palmares, seu reduto eleitoral, para reclamar da falta de abastecimento.

O Legislativo chegou a criar uma Comissão de Assuntos Relevantes, em outubro, para tentar resolver o problema. Encontro com a diretora-presidente da Sabesp, Dilma Pena, para debater o assunto foi realizado em outubro. A executiva, na ocasião, culpou a tubulação antiga e defasada da cidade pela má distribuição. Dilma Pena foi convocada outra vez na Assembleia Legislativa, em novembro, mas reiterou que o sistema andreense não aguenta maiores vazões de água.

Novo líder da bancada petista, o vereador Eduardo Leite (PT) pretende agendar reunião com a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp). “A falta de água é apenas um dos problemas que queremos abordar. Também questionamos o valor cobrado pela Sabesp para o fornecimento de água”, disse.

Campanha

O Semasa realiza campanha de conscientização desde novembro do ano passado com o mote Água. Economizar é fácil. Ficar sem é difícil, para evitar o racionamento no município. A campanha foi intensificada, no último sábado (8), com a colocação de 50 faixas em 20 pontos da cidade lembrando os munícipes sobre a importância da economia durante o verão.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: