Santos vence e vira o melhor do Paulistão | Diário Regional

Santos vence e vira o melhor do Paulistão

12/02/2014 10:00
Print Friendly

Geuvânio foi o melhor do Santos na partida de ontem - Foto: Lucas Baptista/Futura Press/Estadão ConteúdoSANTOS – O relógio não registrava 15 minutos na Vila Belmiro quando a torcida viu o camisa 10 do Santos, um atacante de 21 anos, pular como se fosse o saci-pererê. Foi a forma escolhida por Geuvânio, revelado na base santista, para festejar o primeiro dos seus dois gols no triunfo por 2 a 0 contra o Comercial, ontem (11), na Vila Belmiro.

A comemoração ao estilo saci foi uma homenagem ao seu empresário. “Ele perdeu a perna em um acidente de moto e dediquei o gol para ele”, afirmou. A maneira inusitada de celebrar arrancou sorrisos dos mais de 6 mil pagantes, que aplaudiram Geuvânio assim que foi substituído por Rildo.

Promovido ao time profissional em 2012 e emprestado ao Penapolense logo depois, só neste ano Geuvânio ganhou espaço como titular – e não tem decepcionado. Não se sentiu pressionado ao herdar a camisa 10 de Montillo, vendido ao futebol chinês, e até gol contra o Corinthians marcou.

Com os dois de ontem, Geuvânio igualou Thiago Ribeiro, ambos com três gols, e ficou a um de Gabriel, artilheiro santista no Estadual. A alegria de Geuvânio ao final da partida contrastou com o momento de Leandro Damião, contratado por R$ 42 milhões do Inter-RS, e que ainda não marcou.

Damião fez ontem seu segundo jogo pelo Santos e admitiu sair de campo triste pelo jejum. Porém, foi consolado pelos companheiros. “Ele é um atacante de seleção, está voltando a jogar agora e, mesmo sem marcar, tem ajudado o time”, disse o atacante Thiago Ribeiro.

A vitória foi a quinta consecutiva do Santos no Paulista e deixou a equipe na liderança do Grupo C, com 19 pontos. O Peixe tem a melhor campanha do Estadual, ao lado do Palmeiras. O time joga no domingo contra o Penapolense, fora de casa.

Superior técnica e taticamente, o Santos jogou sem dificuldade durante a etapa inicial. Aos 12 minutos, Geuvânio abriu o placar na Vila Belmiro, após receber passe de Cicinho na direita. O camisa 10 invadiu a área e tocou por baixo de Marcelo Henrique: 1 a 0.

Em noite inspirada, o atacante também marcou o segundo gol santista, aos 39. Mena roubou a bola na defesa, acionou Leandro Damião, que tocou para Geuvânio. Ele chutou na saída do goleiro e foi comemorar com seus companheiros.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: