Governo do Estado inicia limpeza do piscinão São Caetano | Diário Regional

Governo do Estado inicia limpeza do piscinão São Caetano

12/02/2014 14:50
Print Friendly

Governo do Estado iniciará limpeza do piscinão São Caetano em um mês - Foto: Divulgação/PMSCSSÃO CAETANO – A limpeza do único piscinão de São Caetano foi iniciada pela DP Barros Pavimentação e Construção Ltda., empresa contratada para a execução do serviço pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), órgão do governo estadual. Segundo a empreiteira, para remover todo o mato e material decantado serão necessários aproximadamente 15 dias.

Ontem (11), técnicos da autarquia e da Defesa Civil estiveram vistoriando os trabalhos. “Mesmo depois do prazo, a iniciativa é de grande valia para minimizar os impactos gerados pelas enchentes. Vínhamos pedindo agilidade desde o segundo semestre do ano passado, pois é um serviço que nunca atrasamos e que deve ser realizado com antecedência”, ressaltou o diretor geral do DAE/SCS, Welington Kalil.

“Devido ao cancelamento da licitação da Parceria Público-Privada (PPP) do DAEE para gerir todos os reservatórios, estamos verificando junto ao mesmo o seu novo posicionamento referente à manutenção periódica. Vamos trabalhar para garantir que as próximas limpezas sejam efetuadas antes das épocas de chuva”, completou.

Para o coordenador da Defesa Civil são-caetanense, Carlos Eduardo Barbi, as ações finalizadas e em andamento nos piscinões do ABC já ajudarão a reter as águas que vêm das cabeceiras dos rios. “Vai colaborar muito para conter o fluxo que chega ao município. Ganhamos um tempo precioso com a seca do verão”, concluiu.

O Estado está investindo R$ 3,8 milhões na limpeza, manutenção e operação de 25 reservatórios da Região Metropolitana. Com 1,9 quilômetros de extensão, o piscinão São Caetano está situado na avenida Guido Aliberti, no Ribeirão dos Meninos, e tem capacidade total para armazenar mais de 235 mil metros cúbicos de águas pluviais.

Transferência

O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro, assinou, em junho de 2013, o protocolo de intenções que transferiu o controle da operação do reservatório ao DAEE. Assim, o município economizou entre R$ 700 mil a R$ 1,2 milhão por ano com a manutenção. Quando de responsabilidade do DAE/SCS, a limpeza do piscinão era executada uma vez por ano, sem nunca ter sofrido qualquer atraso no cronograma de serviço.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: