Sabesp esclarece dados sobre fornecimento de água | Diário Regional

Sabesp esclarece dados sobre fornecimento de água

11/02/2014 7:01
Print Friendly, PDF & Email

SÃO PAULO – A Sabesp, por meio de nota, esclarece alguns pontos sobre o fornecimento de água para Guarulhos e São Caetano. As duas cidades compram água no atacado da Sabesp e fazem a distribuição por meio de empresas próprias, municipais. Dessa forma, cabe à Sabesp entregar água até o início do sistema de cada município, e estes fazem a distribuição aos moradores.

Dessa forma, não procede a informação de que os municípios de São Caetano e Guarulhos tiveram diminuição de vazão no recebimento de água pela Sabesp. O fornecimento para São Caetano continua sendo de 650 litros por segundo, sem alteração. O município recebe todo esse volume do Sistema Cantareira.

O volume de água fornecido pela Companhia para Guarulhos também permanece igual, sem alteração. Seus moradores são abastecidos pelos sistemas Cantareira e Alto Tietê, ambos operados pela Sabesp, e também por sistemas próprios da Prefeitura de Guarulhos. O abastecimento pelo Sistema Cantareira é de cerca de 2500 litros por segundo e não sofreu qualquer mudança. O abastecimento pelo Sistema Alto Tietê é de 1000 litros por segundo e também permanece igual. Aliás, os bairros citados no texto, na região do Bonsucesso, recebem água do Sistema Alto Tietê, que está em situação normal, já que as chuvas nesse manancial estão dentro do previsto.

É importante ressaltar ainda que este verão tem sido extremamente atípico: recordes sucessivos de calor e os piores índices de chuva da história no Sistema Cantareira. No período em que as represas do sistema deveriam encher com os temporais, o que tem ocorrido é a baixa no volume da água para níveis críticos. Mesmo assim, a Sabesp não diminuiu a vazão fornecida para seus clientes nem para os municípios para os quais vende água no atacado.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: