Falha e protestos marcam cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno | Diário Regional

Falha e protestos marcam cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno

08/02/2014 6:30
Print Friendly, PDF & Email

SOCHI – A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi foi marcada ontem (7) por uma falha. Logo no início do evento, a formação do anel olímpico deu errado. O símbolo tem cinco anéis, que simbolizam os cinco continentes. O vermelho, que representa as Américas, não se expandiu como o programado, ao contrário dos outros, que tomaram formatos de arco.

Os cinco aros interligados, nas cores azul, amarela, preta, verde e vermelha, representam a união dos continentes. O símbolo é a principal marca dos Jogos Olímpicos e também do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Na TV russa, a falha “não existiu”. A televisão local conseguiu mascarar o incidente porque não transmitia ao vivo, mas com 15 segundos de atraso. O maior canal do país, Pervii Kanal, mostrou os quatro anéis se abrindo e cortou em seguida para imagem do público. Os Jogos de Sochi são os mais caros da história, com gasto de US$ 50 bilhões (cerca de R$ 119 bilhões).

No mesmo dia da cerimônia de abertura, houve manifestações de ativistas gays na Rússia e no mundo. Manifestantes foram presos em São Petersburgo e Moscou. Na capital, a polícia rapidamente deteve dez ativistas que agitavam bandeiras gays na praça Vermelha. A polícia não comentou a ação.

Outros quatro manifestantes foram detidos em São Petersburgo após desfraldarem bandeira citando a proibição na Carta Olímpica de qualquer forma de discriminação. A lei antigay russa foi aprovada pelo presidente Vladimir Putin em junho e proíbe a apologia a manifestações homossexuais e fez com que vários países cogitassem boicotar os Jogos de Sochi.

Em Berlim, houve manifestação em frente ao portão de Brandemburgo. Militantes do Femen, conhecidas por pintar palavras de ordem no corpo seminu, se concentraram diante da embaixada russa. Em Hong Kong, manifestantes usaram máscaras de Putin. Houve também protestos na Grécia.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: