Lumena vai para Brasília, mas promete apoiar Mauá | Diário Regional

Lumena vai para Brasília, mas promete apoiar Mauá

07/02/2014 10:31
Print Friendly, PDF & Email

Lumena, agora assessora do Ministério da Saúde: “posso contribuir melhor em Brasília” - Foto: Eberly Laurindo/Especial para o DRA posse das novas secretárias de Saúde e de Meio Ambiente e do comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) ontem (6), em Mauá, marcou a despedida da agora assessora especial do Ministério da Saúde, Lumena Furtado. Celia Bortoletto é quem assume a pasta da Saúde por indicação de Lumena. “Estou indo muito tranquila por causa da escolha da Celia, uma companheira de muitos anos. Ela tem enorme trajetória como gestora”, disse Lumena, ao revelar que está feliz com novo desafio, mas triste por deixar Mauá. A nova secretária indicada por Lumena é dentista com especialização em Saúde Pública e Gestão Pública, foi secretária de Saúde de Suzano de 2005 a 2012 e coordenadora de saúde da Região Leste de São Paulo de janeiro de 2013 até o início deste ano.

“Perdi uma secretária, mas ganhei uma assessora do ministro. A Lumena é quem desenhou o novo modelo de saúde da cidade. Radicalizamos o conceito e, hoje, se formos fazer uma avaliação parece que não temos outro problema que não seja o transporte coletivo”, comentou o prefeito Donisete Braga (PT). Donisete deixou claro que vai continuar contando com o apoio da ex-secretária, o que foi confirmado pela própria Lumena. “Posso contribuir melhor agora. Estou indo dentro do projeto do Donisete. Uma conversa dele com o ministro construiu essa alternativa”, completou.

Como nova assessora especial do Ministério da Saúde, Lumena anunciou que não só Mauá vai receber o restante de profissionais solicitados por meio do programa Mais Médicos, como todas as solicitações feitas no programa serão atendidas até o final de abril. “No início do ano passado tivemos um começo muito difícil, pois tínhamos déficit de médicos, principalmente na urgência. Tomamos algumas medidas fundamentais como aumentar o salário dos médicos de urgência e para o restante também, pois reorganizamos o processo de trabalho. Isso teve impacto depois de abril. Atualmente, nosso problema de falta de médicos se localiza na atenção básica”, explicou a ex-secretária.

Segundo Lumena, o déficit na atenção básica era de 46 médicos, mas a cidade que já recebeu 16 profissionais pelo programa federal vai receber mais 17 médicos, parte deles já em março. “A cidade terá todos os médicos solicitados. Também foi feito o pedido de mais quatro para a atenção domiciliar. Com o Mais Médicos estamos conseguindo avançar muito no Programa de Saúde da Família. Nosso salário é um dos maiores da região e, mesmo assim, estávamos com muita dificuldade de trazer médicos para a cidade”, afirmou Lumena, apontando que Mauá chegará próximo de resolver todo o seu problema de déficit de profissionais na saúde. Apenas seis ou sete vagas terão de ser preenchidas por seleção normal.

Mais empossados

Os outros novos secretários que assumiram os cargos ontem foram Cristina Bortoletto, na pasta de Meio Ambiente, e João Carlos Conígero como comandante da GCM. Cristina é funcionária de carreira da prefeitura e já foi vereadora. Conígero ingressou na GCM em 1991 via concurso público e foi inspetor da corporação em 2002.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: