Moradores protestam contra rotatória em Diadema

05/02/2014 16:30
Print Friendly

Comerciantes colocaram faixas em protesto - Foto: Eberly Laurindo especial para o DRDIADEMA – “Rotatória não. Segurança sim”, são os dizeres nas faixas espalhadas no comércio e nas casas do cruzamento entre a avenida Sete de Setembro, coma as ruas Tiradentes, Bandeirantes e Benjamin Constant, na Vila Dirce, em Diadema. O protesto é causado pelo projeto de construção de rotatória na área do cruzamento.

“Não vai ter mais como estacionar. Acredito que vai atrapalhar muito. Sem contar que tem escolas aqui perto. Será muito perigoso para as crianças atravessarem”, explicou Ada Silva, funcionária de um açougue na região. A alegação de Ada resume a preocupação geral dos moradores e comerciantes. “Procuramos a prefeitura e tivemos reunião com o pessoal da Secretaria de Obras e de Trânsito. Apresentaram a proposta, mas não aprovamos. Então, ficaram de marcar nova reunião para discutir o assunto, só que até agora nada”, destacou Mozart Vieira, que possui academia na área.

Os moradores decidiram colocar as faixas após receber informação de que o projeto continuava caminhando apesar da discordância na reunião, abaixo-assinado com mais de 300 assinaturas também foi protocolado na prefeitura. “Além de prejudicar nós comerciantes, nos preocupamos com o problema da passagem de pedestres. Estamos perto da outra rotatória e sabemos como é difícil atravessar ali. Tem de ser bom para todos”, destacou Vieira.

Protesto

Morador do local há 52 anos, Edgar Ferreira é um dos organizadores do protesto. “Faz anos que se fala em colocar uma rotatória aqui, mas só da metade do ano passado para cá que isso tomou proporção maior. Porém, só ficamos sabendo por amigos”, pontuou Ferreira. Segundo o morador, devido a área ser pequena, as poucas vagas existentes de estacionamento serão eliminadas, o que vai afetar não só os comerciantes, como também os moradores. “Se você estiver voltando para casa e quiser comprar um pãozinho antes, vai ter de deixar o carro em casa e depois voltar até aqui. O comércio vai ficar todo dependente dos pedestres. Com a zona azul nas ruas dos arredores ninguém vai querer parar por aqui”, afirmou.

Ferreira e Vieira acreditam que o tráfego na região poderia ser melhorado de forma mais simples, com reorganização do trânsito. “Poderia mudar o sentido de algumas ruas, como a Tirantes para sentido único. Ou também mudar de lugar alguns semáforos, já temos quase que uma rotatória aqui. Colocando o semáforo da Bandeirantes mais para trás, por exemplo, o fluxo poderia funcionar como em uma rotatória. Muito mais simples e barato”, sugeriu Vieira. Para Ferreira, o maior problema é a falta de diálogo com a prefeitura. “Não é que somos contra, não gostamos da forma como será feito. Quer fazer? Legal, mas vamos respeitar os comerciantes e moradores”, ressaltou.

Outro problema no bairro é a segurança. Segundo os munícipes, o trecho da avenida Sete de Setembro próximo ao Paço Municipal é alvo frequente de assaltos. “Só em janeiro foram 13 assaltos nessa área, que é mais deserta. Então, os ladrões fazem o que querem”, alertou Ferreira. Está marcada para o próximo dia 6 uma reunião de membros da comunidade com representantes da Polícia Militar.

Em nota, a Prefeitura de Diadema informou que a obra está licitada, mas com prazo de início ainda a ser determinado. Segundo a nota, as secretarias de Obras e Transportes estão realizando estudos para apresentar aos comerciantes e à população em reunião ainda a ser agendada.

4 Comentários

  • Edson Luiz

    O problema é que esse governo não dialóga com a população, vejam que a obra já esta licitada, isso significa que, se os moradores não tivessen se mobilizado as obras já estava em andamento.

  • Os comerciantes estão preocupados é porque eles usam as praças como extensão de seus bares, atrapalhando os pedestres da rigião.

  • Cidadão honesto

    SEM CONTAR QUE O COMÉRCIO VAI ACABAR SE FIZER ROTATÓRIA, ONDE O POVO VAI ESTACIONAR????

    QUE INTRANSIGÊNCIA É ESSA HEIN OOOO PREFEITURA DE DIADEMA??

    O POVO NÃO TÊM DIREITO DE ESCOLHER O QUE É MELHOR PARA ELES É? QUERO VER SE TODO MUNÍCIPE DEIXAR DE PAGAR SEUS IMPOSTOS, ONDE É QUE A MELÉCA VAI PARAR? ATÉ PARECE QUE O PREFEITO E OS DEMAIS QUE MAMAM NESTA GRANDE TETA NÃO SÃO DEPENDENTES DO DINHEIRO PÚBLICO.

  • Cidadão honesto

    Rotatória é uma meléca, não funciona no Brasil onde o povo não têm educação, é um querendo passar por cima do outro e PRINCIPALMENTE OS PEDESTRES NÃO TÊM VEZ, os malditos “motoqueiros” não respeitam nada e se você para para o pedestre passar pela faixa na rotatória, ele corre o risco de ser atropelado.
    Rotatória é uma forma de incompetência da Prefeitura em cuidar dos semáforos, jogam a responsabilidade nas costas do motorista. QUEM SABE AS REGRAS PARA TRANSITAR EM ROTATÓRIA, muito poucos. QUE GRANDE PORCARIA!!!!

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.