Paulo Pinheiro vai demitir 470 servidores concursados em São Caetano | Diário Regional

Paulo Pinheiro vai demitir 470 servidores concursados em São Caetano

04/02/2014 10:36
Print Friendly

Pinheiro diz que tem que obedecer à Justiça - Foto: ArquivoA Prefeitura de São Caetano terá de exonerar 470 funcionários contratados em concurso público realizado em 2008, durante a gestão do ex-prefeito e atual secretário de Esportes do Estado de São Paulo, José Auricchio Júnior (PTB). A indicação foi feita pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), que considerou processo seletivo irregular.

A seleção usou métodos subjetivos para a escolha, além de não ter divulgado a nota das provas individuais aos participantes, de acordo com o TCE. Auricchio já havia recorrido da decisão em 2011, porém, a escolha foi ratificada em dezembro do ano passado. O ex-prefeito também terá de desembolsar valor na ordem de R$ 4 mil, já que a decisão especifica 200 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (Ufesp). Ao município, cabe abrir sindicância para apurar o porquê das irregularidades.

O prefeito Paulo Pinheiro (PMDB) reconhece o desgaste político e também de funcionamento da máquina pública, já que muitos servidores admitidos no concurso taxado de irregular são especialistas, como médicos, assistentes sociais e engenheiros “Sou obrigado a exonerar essas pessoas. Não é que eu queria, sou obrigado”, pontuou. A prefeitura alega que ainda não foi notificada judicialmente pelo TCE.

O chefe do Executivo deve fazer contratações em regime emergencial em breve, para depois abrir um novo concurso. Pinheiro, no entanto, não especificou datas e prazos. “É ordem da Justiça, e tenho de cumprir”, destacou. O prefeito pode ser processado por improbidade administrativa caso não acate a ordem do órgão fiscalizador e, com isso, tornar-se inelegível por oito anos com base no Ficha Limpa.

Reincidente

Não é a primeira vez que José Auricchio é multado pelo TCE por irregularidades na contratação de pessoal. O petebista foi notificado pelo órgão em 2011 por causa da efetivação de dez profissionais da área da Educação em um concurso. Na época, o ex-prefeito teve de pagar multa em torno de R$ 8.700 mil, ou 500 Ufesp da época. O colegiado do TCE não acatou o recurso.

 

 

 



4 Comentários

  • Rodrigo Gomes

    Tudo Mentira. Esse Concurso é que tem MUITOS indícios de Fraudes.

  • Eu fico revoltado com a arbitrariedade e a desinformção que inunda tanto a mídia convencional como a digital: sou um destes “favorecidos” neste concurso mencionado. O único detalhe é que não moro nem nunca orei em São Caetano, e passei pelos mesmos processos de avaliação aos quais os desaprovados entraram na justiça alegando favorecimento, e entrei como dizem,”na raça”, Não estou defendendo a prefeitura, até porque não ponho minha mão no fogo.Só penso que deveria ser investigado caso a caso pra ver quem conhecia quem, ou é parente de quem etc, e não jogar todo mundo no mesmo balaio. Tenho família para criar e a única coisa que consegui com essa historia toda foi uma gastrite nervosa, devido a ansiedade em saber se vou ficar desempregado ou não, após ter estudado, pago inscrição e passado por meritocracia e não politicagem, E coloco meu nome aqui, pois não me importo e não tenho nada a temer ou esconder, pelo contrário, se preciso, também vou atrás dos meus direitos…
    Adilson Ferreira

  • D. Dantas

    Pelo jeito, tudo vai acabar em Pizza.

    Concurso irregular para contratar engenheiros e médicos??? Aff, este país não tem jeito mesmo. Profissionais graduados deviam dar o exemplo!

    Infelizmente, se os contratados fossem Ajudantes em geral, já estariam todos demitidos.

    Devem ter manipulado os pauzinhos para essa turma pegar Aposentadorias “Gorda”.

    Que a população acompanhe o caso e exija providências.

  • Além desde absurdo , simplesmente está acabando com o esporte de scs , ele cancelou as aulas de patinacao do clube abrev com mais de 300 alunos matriculados e uma lista de espera pra fazer aula.
    . O secretário Valter alegou que não é prioridade as aulas pra scs , mas nas eleições o Paulo foi nas aulas pedir votos e garantiu que cOntinuariamos tendo as aulas, ainda disse que patinacao não é esporte. Um absurdo.

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: