De saída, Padilha critica tucanos e 'legados malditos' dos anos 90 | Diário Regional

De saída, Padilha critica tucanos e ‘legados malditos’ dos anos 90

04/02/2014 7:00
Print Friendly, PDF & Email

BRASÍLIA – De saída do Ministério da Saúde, Alexandre Padilha aproveitou ontem (3) o discurso de despedida para dirigir críticas aos tucanos. Ao falar do “Mais Médicos”, o petista destacou que Minas Gerais e São Paulo, comandados pelo PSDB, foram os estados que mais solicitaram médicos ao governo federal, apesar do “diagnóstico incorreto de algumas lideranças políticas”.

Em dois momentos, o petista criticou a política nacional dos anos 90: ao contrapor recente investimento federal no Instituto Butantan (SP) a sucateamentos e privatizações “que vimos ocorrer nos anos 90”; e ao destacar investimentos federais na produção nacional de medicamentos e produtos para a saúde, em contraposição a “legados malditos, fruto da ausência de uma política industrial nos anos 90”.
Em 40 minutos de fala, o petista fez um grande balanço de sua gestão e de sua trajetória.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: