Corinthians perde a 3ª seguida | Diário Regional

Corinthians perde a 3ª seguida

03/02/2014 9:24
Print Friendly, PDF & Email

Alemão comemora o seu gol, o primeiro da Ponte Preta contra o Corinthians - Foto: ANNSÃO PAULO – Um dia após ter seu CT invadido por torcedores e ameaçar não entrar em campo, o Corinthians teve dois jogadores expulsos e perdeu por 2 a 1 para a Ponte Preta, neste domingo, em Campinas.

O resultado deve agravar ainda mais a crise do atual campeão estadual, que foi goleado por 5 a 1 pelo Santos na quarta-feira e soma três derrotas consecutivas.

Ontem, integrantes de torcidas organizadas do Corinthians invadiram o clube para protestar contra o mau momento do time. Temendo atitudes violentas, os jogadores se esconderam nos vestiários.

Devido ao clima de guerra vivido no CT, os jogadores da equipe paulistana ameaçaram não enfrentar a Ponte Preta. Em nota oficial, o Corinthians afirmou que a partida só aconteceu porque a FPF (Federação Paulista de Futebol) e a TV não permitiram o adiamento.

Apesar da insatisfação geral do elenco, todos os atletas foram a campo neste domingo, e Mano Menezes escalou a força máxima.

Demorou apenas quatro minutos para o Corinthians perceber que também teria problemas dentro de campo. Reestreando pela equipe que o revelou, o lateral direito Fagner falhou na marcação e deixou que Ademir chegasse à linha de fundo e rolasse para Alemão abrir o placar.

Aos 33 min, o time de Mano conseguiu o empate. Uendel, curiosamente ex-jogador da Ponte, apareceu no meio da área para aproveitar de cabeça um cruzamento vindo da direita. O jogador não comemorou o gol.

Mas, assim como na etapa inicial, a Ponte voltou a balançar as redes logo no começo do segundo tempo. Ferrugem recebeu passe de Alemão, driblou Gil, que virou as costas para o lance, e bateu para vencer o goleiro Walter.
Guerrero teve a chance de empatar nos seus pés. Mas o goleiro Roberto fez uma grande defesa em finalização à queima-roupa do centroavante peruano.

A equipe paulistana ficou com dois jogadores a menos. O zagueiro Gil recebeu o cartão vermelho após chutar a bola e o atacante Rossi, que a prendia entre as pernas. E Paulo André cometeu uma falta no meio de campo e levou o segundo amarelo.

Vice-lanterna do Grupo B, com apenas seis pontos, o Corinthians volta a jogar na quarta-feira, contra o Bragantino, no Pacaembu.

PONTE PRETA
Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva (Elizeu), Fernando Bob e Adrianinho; Ademir (Rossi), Silvinho e Alemão (Tchô). Técnico: Vadão

CORINTHIANS
Walter; Fagner, Gil, Paulo André e Uendel; Ralf e Guilherme; Danilo e Romarinho (Rodriguinho); Emerson Sheik e Guerrero (Alexandre Pato). Técnico: Mano Menezes

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Marcelo Rogério
Gols: Alemão, aos 4 min, e Uendel, aos 32min do 1º tempo; Ferrugem, aos 3 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Alemão, Bruno Silva, Rossi, Fernando Bob (P), Guilherme, Paulo André e Fagner (C)
Cartões vermelhos: Gil e Paulo André (C)
Público: 4.897 pagantes
Renda: R$ 87.280,00



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: