Volkswagen Gol chega ao 27º ano consecutivo como o veículo mais vendido no Brasil | Diário Regional

Volkswagen Gol chega ao 27º ano consecutivo como o veículo mais vendido no Brasil

07/01/2014 14:44
Print Friendly

Gol selecao - Foto: divulgaçãoO Volkswagen Gol acaba de completar 27 anos consecutivos na liderança de vendas no mercado nacional. O Gol encerrou o ano de 2013 com 255.070 unidades comercializadas, 71.382 unidades à frente do segundo colocado. Lançado em 1980, o modelo assumiu a liderança em 1987 e nunca mais deixou o posto de preferido dos brasileiros.
“Dos 60 anos da Volkswagen no Brasil, o Gol certamente foi o ‘artilheiro’ da empresa nas últimas três décadas. É um líder completo, com recordes históricos em produção, com mais de 7,5 milhões de unidades fabricadas desde 1980, número 1 em vendas pelo 27º ano consecutivo e mais de 1,2 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países”, afirma Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil.

Gol Seleção

Patrocinadora oficial da Seleção Brasileira de Futebol, a Volkswagen acaba de lançar a série Seleção para os modelos Gol, Voyage e Fox. Com produção aproximada de 20 mil unidades no total, os modelos trazem identificação visual especial, com detalhes internos e externos, além de ofertas diferenciadas de equipamentos de série, como vidros elétricos nas quatro portas; direção com assistência hidráulica; sistema de som com funções de rádio, CD-player com MP3, entradas auxiliar e USB e conexão Bluetooth para telefone celular; I-System (que inclui o sistema ECO Comfort, que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel).

O Gol é o “Camisa 10” da Linha Seleção e tem oferta exclusiva do “pacote Brasil”. Esse pacote é composto por pintura especial na cor Amarelo Solaris; faróis de neblina; aros dos difusores de ar e da alavanca de câmbio em amarelo – mesma cor do brasão da CBF no porta-objetos. Além disso, fazem parte do pacote Brasil as rodas de 15 polegadas (“Thor Rallye”). O revestimento dos bancos na cor preta e com inserto em amarelo também é exclusivo e foi inspirado na 3ª camisa da Seleção Brasileira. O pacote Brasil está disponível para o Gol Seleção com motor EA111 1.6 (que pode ser combinado ao câmbio manual ou ao automatizado).

Novo Gol

Lançado em julho de 2012, o Novo Gol traz o design mundial da marca e mais inovação tecnológica, além de recursos que tornaram o modelo um dos carros mais atraentes e avançados em seu segmento de mercado. A nova linha também traz evolução em sua motorização 1.0 e novos equipamentos de série.

Além da evolução visual e da reestruturação da oferta de configurações, o Novo Gol recebeu uma arquitetura eletrônica completamente nova, uma das mais avançadas e complexas de sua categoria. Esse novo “esqueleto” eletrônico possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos no seu segmento.
Entre eles está o “Comfort Blinker”, item que possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Outro benefício da nova arquitetura é a inclusão do sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência), herdado dos veículos alemães mais sofisticados do mercado.

O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.

“Além dos atributos de qualidade, durabilidade e confiança, o consumidor hoje busca em um carro padrões mais altos de tecnologia e acabamento interno e o Gol é tudo isso e mais: faz parte da vida dos brasileiros desde 1980. O Gol é o exemplo da evolução do mercado nacional”, declara a vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, Jutta Dierks.

Passaporte “carimbado”

O Gol começou a ser exportado já no ano de seu lançamento, 1980, quando foram enviadas 49 unidades para o Paraguai e Nigéria. Ao longo do tempo, foram mais de um milhão de unidades exportadas para mais de 60 países das Américas, África, Ásia, Oriente Médio e Europa.

O Gol exportação é igual ao vendido no Brasil. Tecnicamente, a principal mudança ocorre nos sistemas de injeção e gerenciamento dos motores para rodar com gasolina sem adição de etanol, que difere do combustível vendido no Brasil.

Em toda sua história, o Gol já superou mais de 1,2 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países. Em 2013, foram exportadas 80.092 unidades do modelo, principalmente para a Argentina e México.

Pioneirismos do Gol:

  • Líder de vendas há 27 anos consecutivos, é o carro mais vendido na história da indústria brasileira
  • Mais de 1,2 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países
  • Mais de 7 milhões de unidades produzidas no País
  • Pioneirismo do Gol:
  • Primeiro carro a utilizar tecidos com fio à base de PET reciclado para revestimento de bancos e portas de veículos
  • Primeiro automóvel de entrada bicombustível (Gol 1.0 TotalFlex, em 2005), popularizando a tecnologia
  • Primeiro carro com motor bicombustível do Brasil (Gol TotalFlex, em 2003)
  • Primeiro automóvel brasileiro com injeção eletrônica (Gol GTI, em 1989).
  • Primeiro a usar o motor brasileiro 1.0 de 16 válvulas
  • Primeiro veículo a ultrapassar a marca de 3,5 milhões de unidades produzidas no Brasil, superando o Fusca

Curiosidades

  • A primeira exportação do Gol foi no ano de seu lançamento, 1980, com 48 unidades vendidas para o Paraguai e uma para a Nigéria.
  • No Paraguai, o Gol foi líder de vendas durante 8 anos consecutivos, de 1995 a 2002.
  • O Gol a diesel foi vendido entre 2000 e 2008 para Argentina (14.565 unidades no período), Uruguai (1.219 unidades) e Paraguai (898 unidades).
  • Em 2003, no ano do lançamento do motor Total Flex, o Gol bateu o recorde da FIA na categoria Endurance Internacional quando, utilizando 3 Gols Power com motorização 1.6 Flex rodou sucessivamente 5 mil, 10 mil e 25 mil quilômetros parando apenas para abastecimento, troca de pilotos e troca de óleo.
  • Entre 2004 e 2005, o Gol foi exportado para a Rússia, sendo o primeiro carro brasileiro a circular no país.
  • Ucrânia, Turcomenistão e Azerbaijão receberam o Gol, entre 2004 e 2005, sendo que o automóvel sofreu adaptações devido à grande diferença climática em relação ao Brasil.
  • Quando foi exportado para Egito, Rússia, Azerbaijão, Turcomenistão e Ucrânia, o modelo foi batizado como Pointer.
  • No México, o automóvel também chegou a ser comercializado como Pointer, mas atualmente mantém o nome Gol.
  • China e Irã chegaram a fabricar o Gol em CKD (Completely Knoked Down) a partir de peças exportadas do Brasil.
  • Em abril de 2010, durante o evento Gol Fest (celebração dos 30 anos do modelo) a Volkwagen quebrou o recorde de Mosaico formado com veículos quando reuniu 460 Gols nas cores vermelho, branco e preto.


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: