Peça ‘Senti um Vazio’ conscientiza mulheres sobre o tráfico humano

15/09/2013 8:09
Print Friendly
Peça mostra o tráfico humano com uma mistura de drama, sem censura e com pitadas de humor

Peça mostra o tráfico humano com uma mistura de drama, sem censura e com pitadas de humor

A peça “Senti um vazio no começo quando o coração foi embora, mas agora está tudo bem”, que está no Teatro Augusta, trata do tráfico humano. Baseado no texto da jovem dramaturga britânica Lucy Kirkwood, o espetáculo mostra a situação de mulheres são enganadas por falsas promessas de uma vida melhor.

O resultado é a tortura em cárcere privado, já visto antes na novela “Salve Jorge”, de Glória Perez. Uma das cenas marcantes é quando Dijana (Marcela Grandolpho, que faz quase um monólogo durante a peça), conta as camisinhas usadas naquele dia e anota na parede do quarto quantas ainda faltam para ficar livre do pesadelo que se tornou aquela rotina. Em outra cena, diz que sabe exatamente qual é o seu valor, quanto seu “dono” (pagou para tê-la ali: “mil libras, ou dois iPhones e meio”.

“Senti um Vazio…” mostra o tráfico humano com uma mistura de drama, sem censura e com pitadas de humor, tem direção de Mônica Granndo e fica em cartaz até 13 de outubro na Sala Experimental do Teatro Augusta.
Serviço – “Senti um vazio no começo quando o coração foi embora mas agora está tudo bem”. Local: Teatro Augusta – Sala Experimental, rua Augusta, 943. Sextas às 21h30, sábados às 21h, domingos às 19h. Até 13 de Outubro . Telefone: (11) 3151-4141. Vendas pelo sistema ingresso rápido pelo telefone 4003-1212 ou site www.ingressorapido.com.br

Palavras-chave:

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.