Aidan ironiza Grana e afirma desconhecer ‘lado bonzinho do PT’ | Diário Regional

Aidan ironiza Grana e afirma desconhecer ‘lado bonzinho do PT’

28/08/2013 12:00
Print Friendly

O ex-prefeito de Santo Andre Aidan Ravin (PTB) ironizou o argumento do PT para justificar a decisão de não abrir processo contra ele para apurar o caso das supostas 60 mil ligações realizadas na madrugada do dia do segundo turno da eleição municipal, no ano passado. As mensagens de telemarketing pediam votos para Aidan, que foi derrotado por diferença de 29 mil votos.

O petebista afirma que as gravações foram disparadas pela campanha de Grana e que foram editadas partir de declaração que Aidan teria dado a uma rádio. O ex-prefeito rastreou o número do qual partiram e descobriu que era da Seven Vox Tecnologia e Consultoria, empresa que aparece na prestação de contas de campanha do PT. O diretório petista nega que tenha ordenado a ação, que infringe a legislação eleitoral, e argumenta que não viu necessidade, naquela oportunidade, de mover ação contra o petebista por uso indevido dos meios de comunicação – o que Aidan faz agora.

“O PT teria direito de entrar com o processo contra mim, se eu estivesse errado, mas não o fez. Vejo três explicações neste caso: foram omissos, ou bonzinhos, ou sabiam que não fomos nós (da campanha petebista) que realizamos as ligações e não teriam sucesso na ação. O que posso afirmar é que desconheço o lado bonzinho do PT. Tenho certeza de que jamais deixariam passar a chance de me processar se não estivem envolvidos no caso”, comentou em nota o ex-prefeito.

Em entrevista ao Repórter Diário, Grana afirmou que, na véspera do segundo turno, todas as pesquisas de intenção de voto apontavam a vitória dele com margem semelhante à das urnas e considerou a denúncia “motivo para justificar a derrota”. Aidan, por sua vez, acredita que as ligações mudaram o voto de 30 mil pessoas e afirma que ficou sabendo do telemarketing ao conversar com eleitores que se sentiram “perturbados durante a madrugada” pelas ligações.

“Nos quatro anos de meu governo, eles (o PT) só criaram factóides e barraram projetos que, hoje, estão desesperados para aprovar. Se eu fosse tão ruim como dizem, por que estariam tão interessados em aprovar o projeto do Parque Tecnológico e a construção do Poupatempo de serviços, que iniciamos?”, questionou o petebista.

Além de abrir ação na Justiça Eleitoral acusando seu adversário de uso indevido dos meios de comunicação social, Ainda também pediu abertura de inquérito policial para agilizar o andamento da investigação. O processo tramita na primeira instância e aguarda nova audiência para análise, ainda sem data prevista do Tribunal da 156ª Zona Eleitoral de Santo André.

O PT acusa Aidan de distribuir na cidade, no último domingo, panfletos apócrifos nos quais culpa Grana pelo caso do telemarketing falso.

Palavras-chave:

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.